Matar

18 de Julho de 2014 Delírios Acrósticos 272

• Estive aqui pensando e cheguei a conclusão que não seria fácil eu me matar? Me enforcando, mas e se a corda arrebentar. Talvez seja mais fácil tomar vários comprimidos diferentes junto com uma dose de conhaque para descer melhor, mas e se alguém me encontrar e me levar para o hospital irão fazer lavagem estomacal. Já sei. Cortarei os meus pulsos e morrerei lentamente enquanto meus fluxos sanguíneos escorrem pelo piso branco do banheiro, mas e se eu cortar no local errado e se o corte não for o suficiente para se tirar a minha vida. Pensando bem é melhor me jogar de um prédio ou uma ponte, mas e se eu der muito trabalho, pois se me jogar do prédio e ficar todo esmagado no asfalto será difícil remover o meu corpo e ainda ia ser pior se me jogasse e sobrevivesse a queda e ficasse cheio de ossos quebrados. E se for de uma ponte/viaduto posso causar um acidente e tirarei além da minha vida a de outras pessoas que não queriam ter o mesmo fim. E se simplesmente não for o fim e se eu ressuscito ou reencarno novamente, não, não é tão fácil quanto parece por um ponto final em minha vida. E muita dor para causar, muitas lágrimas para derramar, muito trabalho iria dar, muito medo irei sentir, muita culpa.


Leia também
Circunstâncias há 14 horas

Não quero me perder, procurando a perfeição... Ser perfeito em quê? ...
a_j_cardiais Sonetos 38


"A maldade" há 1 dia

De que me serve escrever, inventar, sonhar sem pensar No meu interior me a...
joaodasneves Poesias 8


"Não sei" há 1 dia

Hoje tenho vontade de rir Mas também tenho vontade de chorar Ja nem sei ...
joaodasneves Pensamentos 5


Domínio do Pecado ou da Graça há 2 dias

Se é impossível não pecar enquanto estivermos neste mundo, por que J...
kuryos Mensagens 19


Ventinho Delicado há 3 dias

Uma mulher passa com seu rebolado... Um ventinho delicado faz seu vestid...
a_j_cardiais Poesias 55


Mortos Vivos, Vivos Mortos há 3 dias

O que é viver? Tem gente que tem tudo, e não se sente feliz... Fica as...
a_j_cardiais Poesias 56