Eu sabia que cedo ou tarde te encontraria.
Não pensei qual seria a nossa reação.
Essas coisas são difíceis planejar
Pois, não se controla o coração.

Você, mais uma vez, não olhou nos meus olhos
E caminhou em outra direção.
Era como se quisesse fugir de uma coisa
Que controla toda sua emoção.

Seus passos, agora tão indecisos,
Mostrou-me o quanto está perdida.
As desilusões do amor te sufocam
E tiram a esperança de sua vida.

Dentro do meu peito existe um sentimento
Que cresce a cada novo amanhecer.
Só sei pensar em você
E ter esperança desse amor florescer.

Busco seus olhos no horizonte distante
Quando não consigo ver o seu olhar.
Quero descobrir o seu coração
E deixar-me em seus braços descansar.

Estou cansado de fugir e me enganar
Só em seus braços posso ser feliz
Quero sair desse labirinto de ilusão
Você é o sonho que sempre quis.

http://odairpoetacacerense.blogspot.com