"Bailei com a solidão"

16 de Junho de 2018 Tsunami de lágrimas Acrósticos 36

"Bailei com a solidão"

A beira do mar espero a Solidão
E escuto ja o trotear do seu coração
No sopro dos ventos escuto seus lamentos
Lamentos da minha perdição.

Quisera recuar no tempo
Nem que fosse por um momento
Sentir o corpo teu juntinho ao meu
E ao meu ouvido, ouvir o gemido teu

Pegar na tua mao, e bailar contigo, solidão
Com os nossos corpos já a murmurar
Ouvimos ao longe gaivotas a chilrear
Passo a passo, continuamos a bailar.

Solidão sinto a tua voz rouca a soluçar
E te pergunto, estas a chorar?
Porque choras se em tudo o que nos rodeia
Escuta-se somente o mar a rebolar na areia?

Com noite ja dentro se incendeia o luar
E nos deitados iniciamos-nos a amar
A madrugada arrastando seu manto
Ao longe as sereias entoam o seu canto

E nos voltamos a juntar os corpos e bailar
Bailar com a solidao, e a unica forma de olvidar.
Palavras, gestos e o passado dum imaginário
Que faz parte do meu calvário...

João Neves, 16.07.2016...


Leia também
"Adoraria" há 3 horas

Eu adoraria mesmo era saber! Se realmente não sentes mesmo nada? Se não...
joaodasneves Poesias 7


"Teolenny" há 14 horas

Tu um dia foste meu amor. Eu te amei como nunca tinha amado. Onde juntos ...
joaodasneves Acrósticos 6


"Como chamar-te amiga" há 15 horas

Tudo foi tão bonito, era tudo carinho e paixão. E hoje estas tão longe ...
joaodasneves Poesias 7


Sodoma e Gomorra Estão Aqui há 15 horas

Nos dias de Sodoma e Gomorra ainda havia muitos lugares na Terra para os qu...
kuryos Artigos 8


Traços Mudados há 20 horas

O tempo passou, e eu nem percebi... Meus Deus, o que mudou? Envelheci. ...
a_j_cardiais Poesias 43


Queimando os Últimos Cartuchos há 20 horas

Sinto que estou queimando os últimos cartuchos... Estou chegando ao fim....
a_j_cardiais Poesias 32