O fim da tarde se aproxima,

O céu começa a escurecer,

Eu penso, será que isto é um aviso,

De que alguma coisa vai acontecer,

 

 

Meu corpo se arrepia,

O silêncio me deixa intrigado,

Apenas o vento se mostra presente,

O que me deixa ainda mais preocupado.

 

 

O ar se torna muito gelado,

Aqueles que têm medo de tudo

Se protegem do inesperado.

 

 

As gotas começam a cair e com muita maestreza,

O que me resta é ter calma e aguardar,

Logo, logo vou poder admirar toda sua beleza.


Edson Garcia