D E D I C A T Ó R I A

18 de Novembro de 2012 EMILIO SANCHEZ Acrósticos 878

D eixei de amar
E sperei você chegar
D eixei de gostar
I ndiquei você ir em algum lugar
C ada passo ,cada lugar,esperei até então o seu caminhar
A rmei tudo para poder estar
T oda vida ao seu lado,pena que você não estava lá
O amor foi sucumbido pela tristeza
R i de mim mesmo por ter sido palhaço,mas não deixei de me apaixonar
I ndo e vindo com a mesma presença do ser e estar
A ssim espero poder voltar a me apaixonar,pois é com alguém que eu quero estar

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Amor de Primavera há 12 horas

Morena, quando tu flores, o verbo em ti, primavera, seguirá o caminho do...
a_j_cardiais Poesias 34


CICATRIZES há 17 horas

CICATRIZES Não se vive essa vida impunemente... Todo mundo, mais dia m...
ricardoc Sonetos 5


" Amar é" há 1 dia

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 11


PAU DE FITAS há 1 dia

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 8


Falta de Amor ao Próximo há 2 dias

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 56


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 2 dias

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 13