Intimo Oceano

28 de Outubro de 2013 Pr CJJacinto Acrósticos 526

Pego tuas mãos, as mãos do teu coração

Apego num toque de essencia, o perdão

Como o lampejo da aurora que dança nas ondas da praia

Irei eu mesmo, carregar teus lamentos, como as estrelas celestes

Entrego essa distancia, por uma pouca proximidade

Nada é tão belo quando o perene que se eterniza

Como os lirios impressos num cartão postal

Isto é, a imagem que retemos na superficie do coração

A imersão de todos os sentidos, na direção de nossa esperança


Leia também
Sintomático há menos de 1 hora

Divagando pela favela, penso nela olhando a aquarela do sol se pondo. ...
a_j_cardiais Sonetos 24


"Minha humilde casinha" há 2 dias

Tenho na minha casa Quatro cadeiras e um colchão Uma mesa, e roupas pelo...
joaodasneves Poesias 18


Se Poema For Oração há 2 dias

Senhor, este poeta perdido vem Vos fazer um pedido: dai-me Vossa paz. ...
a_j_cardiais Poesias 65


"Bailei com a solidão" há 2 dias

"Bailei com a solidão" A beira do mar espero a Solidão E escuto ja o ...
joaodasneves Acrósticos 15


Perseverar Até o Fim – Parte 1 há 2 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 29


Perseverar Até o Fim – Parte 2 há 2 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 12