Às vezes eu sorrio, mas porque sorrio? Quase sempre o
sentimento que me completa, quase toda a totalidade do meu ser, é de
infelicidades e duvidas, péssima duvidas por sinal. Mas porque do sorriso? Às
vezes eu queria mostrar que eu estou triste, mas eu não consigo, o máximo que
consigo são tentativas tolas e frustrantes, isto acaba comigo, e o mais injusto
é que todos os meus sorrisos são verdadeiros, não sei de onde tiro a alegria de
sorrir tantas vezes, não sei de onde tudo isto vem, só espero verdadeiramente
que está fonte não se esgote, espero que este lugar, de onde meu sorriso brota
não se perca em algum canto um dia.