Comecei a escrever desde os 13 anos de idade, nasci na cidade de Campina Grande, vim para  a capital com oito anos de idade, desde pequena aprendi que a vida é prazerosa que viver é uma arte e está nela é dom do divino. Ler sempre foi uma atividade propícia, fiz da leitura minha companheira , perfeita, principalmente quando se trata de romances.

       São tantos títulos, de livros e nomes de escritores brasileiros, dos clássicos aos contemporâneos, a literatura me comove, envolve, o mundo das letras me alucina, faço o contraste de história reais e fictícias. Há uma fantasia e uma ilusão boa, vivo o momento na a personagem na hora que estou escrevendo.

        Viajo no tempo com grandes escritores entre eles Machado de Assis, o livro Esaú e Jacó, A Cartomante e Outros Contos, afinal Machados de Assis acompanha todas as gerações, ler me abre horizontes, salva, de Machado de Assis, passo para Espanha lendo Dom Quixote, de Miguel Cervantes, a história do personagem aconteceu numa pequena Aldeia da Espanha, na província de Mancha. o livro me leva a pensar que foi real, mas acredito que o Cervantes conhecia bem a cidade e fantasiou com detalhes rico essa história.

          Faço meus textos, meus relatos me envolvo com o atual e sou audaciosa penso em escrever influenciada pelo o poeta grego Homero. Ele disserta e detalha as aventuras de Ulisses, rei da ítaca na Ilíada, após a guerra de Troia.

Uma Odisseia que narra a viagem de retorno de Ulisses a ilha grega feita pelo o mar que durou muitos anos. Acho fantástico o simples me inspira uma Odisseia.

          Escrevo sem sair do meu país, meu pensamento corre pela a literatura mundial e com inspiração em Machado de Assis como ele se influenciou por escritores francês, Memória Póstumas de Brás Cubas foi assim.

         Estou lançado meu romance com o título: Um Menor No Abismo, pela Editora Bagaço estou trabalhando nele para que venha bem detalhado e apresentando meu diferencial nesta era digital.

         Amanhã dias das mulheres dou uma dica para cada uma... Leia, leia e leia... Um bom livro alimenta a alma.