O Combate da Fé é Luta pela Verdade

09 de Julho de 2014 Silvio Dutra Artigos 988

?id=849627&maxw=495&maxh=660

O Combate da Fé é Luta pela Verdade

 “pois as armas da nossa milícia não são carnais, mas poderosas em Deus, para demolição de fortalezas;  derribando raciocínios e todo baluarte que se ergue contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência a Cristo; e estando prontos para vingar toda desobediência, quando for cumprida a vossa obediência.”  (II Cor 10.4-6).  Não deixaremos de lutar com as armas espirituais da verdade contra tudo o que se levanta contra o conhecimento de Deus.Não podemos confundir a longanimidade que nos é ordenada para com todos (I Tes 5.14) com falta de convicção e tibieza de vontade. Nós devemos ser firmes na defesa da verdade tal como o próprio Deus nos ordena: “Desde os dias de João Batista até agora, se faz violência ao reino dos céus, e pela força se apoderam dele.” (Mt 11.12).Como disse Thomas Watson: “A terra será herdada pelos mansos (Mt 5.5); mas o céu, pelos que batalham. A vida cristã é semelhante à vida militar. Cristo é nosso Capitão; o evangelho, nossa bandeira; as graças do Espírito, nossa artilharia espiritual. E o céu somente pode ser conquistado por meio da força. Ninguém vai ao céu, exceto os que batalham por ele.”. Isto é, nós comprovamos para nós mesmos que somos de fato verdadeiros cristãos, quando existe em nós esta disposição por batalhar em defesa da verdade que nos foi revelada do céu por Cristo (Jo 1.17), sobretudo para que ela seja aplicada à nossa própria vida. Temos de ser violentos em favor da verdade. Citamos aqui a pergunta de Pilatos: “O que È a verdade?”. A verdade é a bendita Palavra de Deus, chamada a Palavra da Verdade, ou seja, as doutrinas que deduzimos da Palavra e que com ela concordam, assim como a fotocópia corresponde exatamente ao original. Algumas destas doutrinas são a da Trindade, a da criação, a da graça gratuita, a da justificação pelo sangue de Cristo, a da regeneração, a da santificação, a da ressurreição dos mortos e a da vida na glória. Em favor destas verdades, temos de ser violentos, o que significa sermos advogados ou mártires delas.A verdade È pura (Sl 119.140). …comparada ao ouro refinado sete vezes (Sl 12.6). Não existe qualquer mácula na verdade; ela exala somente a santidade. A verdade é triunfante, como um grande conquistador; quando todos os seus inimigos jazem mortos, ela permanece no campo de batalha e ergue seu troféu de vitória.Deus está ao lado da verdade, e, mesmo que não haja temor, ela prevalecerá.”Os céus, incendiados, serão desfeitos” (2 Pe 3.12), mas isso não acontecerá à verdade que vem dos céus (1 Pe 1.25).A verdade tem efeitos nobres. …a semente do novo nascimento. Deus não nos regenera através de milagres e de revelações, e sim por meio da verdade (Tg 1.18). Assim como a verdade produz a graça divina no coração, assim também ela nutre esta graça (1 Tm 4.6). A verdade santifica:  “Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade” (Jo 17.17). A verdade é o selo que imprime em nós  a marca de sua própria santidade. Ela é  o espelho e o lavatório: um espelho que nos mostra as culpas e um lavatório onde podemos removê-las.A verdade nos liberta (Jo 18.32). Ela destroça as algemas do pecado e nos coloca na posição de filhos de Deus (Rm 8.11) e de reis (Ap 1.6). A verdade é um antídoto contra o erro.O erro é o adultério da mente; envenena a alma, assim como o álcool polui o sangue.O erro condena tanto quanto o faz qualquer outro pecado.Uma pessoa tanto pode morrer por meio de assassinato, como por meio de envenenamento, mas que outra coisa pode aniquilar o erro, senão a verdade? O motivo por que muitos têm sido iludidos pelo erro e pelo engano satânico é este: ou não conhecem, ou não amam a verdade. Não posso dizer o suficiente para honrar a verdade. A verdade é o fundamento fiel, o alicerce de nossa fé. A verdade é  um modelo correto do verdadeiro cristianismo, mostrando-nos em que devemos crer. Se retirarmos a verdade, a nossa fé  é simplesmente fantasia. A verdade é o melhor diamante na coroa dos cristãos.Sem andar na verdade não pode haver santificação porque Jesus tem dito: “Santifica-os na verdade...”Não temos uma joia mais preciosa do que nossas almas, para a confiarmos a Deus; e Ele não tem joia mais preciosa do que suas verdades, para confiar a nós. A verdade é a insígnia de honra; ela nos distingue da falsidade comportamental, assim como a pureza distingue uma mulher virtuosa de uma prostituta. Somos ordenados a batalhar, como se estivéssemos em agonia, pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos (Jd 1.3). Se a verdade for retirada de um povo evangélico, podemos escrever em seu epitáfio: “Foi-se a tua glória”..Esta violência santa também se manifesta quando nos mostramos violentos contrariando a nossa própria vontade e desejos (diligentes e esforçados) em favor de nossa salvação.“Procurai, com diligência cada vez maior, confirmar a vossa vocação  e eleição  (2 Pe 1.10). A palavra grega significa cuidado zeloso, ou  seja, nutrir  sérios  pensamentos  a  respeito  dos assuntos da eternidade; um cuidado que nos leva a colocar nossa mente e coração em atividade. É nesta vereda do cristianismo, neste caminho estreito, que todo cristão zeloso deve andar. xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxA Bíblia não foi produzida pela inspiração do Espírito Santo de Deus com o mero propósito de narrar a história da redenção, mas revelar a nossa necessidade de redenção do pecado, como também o modo de obtê-la. Por esta revelação somos alertados quanto ao perigo de permanecer na condição de não sermos justificados do pecado, pois se há um futuro de glória esperando pelos redimidos pela fé em Cristo, há um destino horrível aguardando por todos os que não forem redimidos. A revelação foi feita por Deus através da história de Israel no período do Velho Testamento, porque Ele falava por meio desta nação no citado período.Veja tudo sobre as Escrituras do Velho Testamento no seguinte link://livrosbiblia.blogspot.com.br/Como a redenção é operada exclusivamente por meio de Jesus Cristo, de quem as Escrituras do Velho Testamento dão testemunho, então, quando Ele se manifestou há cerca de 2.000 anos atrás, não somente a redenção começou a alcançar todas as nações da Terra, bem como o seu testemunho passou a ser dado não mais pela nação de Israel, mas através da Igreja, conforme se vê no Novo Testamento.Veja tudo sobre as Escrituras do Novo Testamento no seguinte link://livrono.blogspot.com.br/A Igreja tem testemunhado a redenção de Cristo juntamente com o Espírito Santo nestes 2.000 anos de Cristianismo.Veja várias mensagens sobre este testemunho nos seguintes links://retornoevangelho.blogspot.com.br///poesiasdoevangelho.blogspot.com.br/A Bíblia também revela as condições do tempo do fim quando Cristo inaugurará o Seu reino eterno de justiça ao retornar à Terra. Com isto se dará cumprimento ao propósito final relativo à nossa redenção.Veja a apresentação destas condições no seguinte link://aguardandovj.blogspot.com.br/ 


Leia também
CIDADE DOS PATOS (cordel infantil) há 17 horas

Vivia na bela cidade dos patos Um velho pato que contava fatos De uma fam...
madalao Infantil 5


"Feliz...dia...de...São João" ... há 1 dia

Quem dera ir mais além, cantar mais alto Sobre esse chão salgado onde na...
joaodasneves Poesias 5


No Vento da Literatura há 1 dia

Gosto da poesia quando chega de surpresa... Pode não ter beleza, mas q...
a_j_cardiais Poesias 37


Bendito Amor Eterno há 2 dias

Quando pensamos que Jesus disse que todo aquele que lhe foi dado pelo Pai, ...
kuryos Artigos 14


"Vendo" há 2 dias

Hoje vendo um corpo sem alma, e um extrovertido coração partido, uma ...
joaodasneves Acrósticos 9


"Te amo vinho tinto" há 2 dias

Tu meu querido vinho tinto, és e serás a minha inspiração, Ter o cop...
joaodasneves Poesias 11