Não devemos injuriar aqueles que nos injuriam, tal como Cristo e os apóstolo fizeram no passado. Não devemos tentar justificar a nossa própria honra e dignidade perante aqueles que nos caluniam, não somente porque não poderão entender nossos argumentos, em face da carnalidade deles, como também por sermos chamados a defender não a nossa honra mas a do Senhor. O coração deve ser guardado pelo consolo que o Espírito Santo nos dá quando nos armamos do pensamento de suportar sofrimentos por amor a Cristo. E que grandes consolações elas serão!  A causa do evangelho e não a nossa é que deve avançar. Muitas almas devem ser salvas para Cristo e não para nós mesmos. E devem ser edificadas no testemunho da verdade quanto ao modo como devem caminhar neste mundo pelo exemplo que acharem em nossas próprias vidas, de perdão, amor, misericórdia, bondade, paz e todas as demais virtudes que estão em Cristo, e que também serão achadas em nós à proporção da nossa submissão a Ele. E guardemos também nossos corações por saber que estes sofrimentos não podem ser comparados com a gloria futura a ser revelada em nós, quando recebermos do Senhor o louvor pela nossa fidelidade a Ele e à Sua Palavra. Não somos chamados a vencer debates teológicos, mas a vencer o pecado e o diabo. Não somos chamados a impor nossa visão a outros, mas conduzir as pessoas a Cristo e ao Seu evangelho. Não é a nossa importância que está em questão, mas a glória e a honra do Senhor. Quanto a nós, convém de fato que diminuamos cada vez mais, e que o nome do Senhor seja cada vez mais elevado e exaltado através da nossa própria humilhação perante Ele. Daí que estas perseguições e injustiças não são contra nós, mas a nosso favor, porque nos ajudam a estarmos sempre pequenos e humildes diante de Deus, a quem de fato pertencem a grandeza, a majestade e o poder. Somos apenas vasos de barro que contém a excelência do poder de Deus. Não é propriamente nosso este poder, mas sempre será dAquele, diante do qual convém estarmos sempre com nossos joelhos dobrados diante dEle em humilde adoração. Afinal todos não estarão diante dEle nAquele dia confessando que Ele é o Senhor para a glória de Deus Pai? Como poderíamos andar então inchados aqui neste mundo seja por causa do nosso conhecimento ou do que for, se tudo o que temos, é porque recebemos dEle!  

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Comentário dos livros do Velho Testamento:http://livrosbiblia.blogspot.com.br/Comentário do Novo Testamento:http://livrono.blogspot.com.br/Mensagens:http://retornoevangelho.blogspot.com.br/Escatologia (tempo do fim):http://aguardandovj.blogspot.com.br/