QUAL A (REAL) FUNÇÃO DO PROFESSOR?

18 de Junho de 2011 Silvana Maria Moreli Artigos 31631

A real função do professor deveria ser a de ensinar, transmitir conhecimentos, preparar o aluno para a vida propiciando-lhe mecanismos que o façam pensar, fazer considerações e, de forma inteligente, escolher o melhor caminho a ser seguido. Porém, a realidade é outra, ensinar é algo que fica relegado a um segundo plano. Dentre as muitas funções do professor está a de babá, psicólogo, pedagogo, terapeuta, amigo e, não obstante, a de pais. Ensinar para quê? Basta que se diga apenas que não há crianças fora da escola e que o governo, dessa forma, cumpre a sua "missão". Infelizmente o analfabetismo funcional é uma realidade e nós como educadores devemos lamentar e ficar apenas observando como meros espectadores ou nos unirmos e tomarmos uma atitude. Diagnosticar o problema do analfabetismo nas primeiras séries torna-se mister para uma virada, qual seja, mudanças radicais no método, na forma de alfabetizar, na forma de avaliar, enfim, mudança é a palavra de ordem. Devemos experimentar sempre até atingirmos o resultado desejado, sem, é claro, desconsiderar que não basta alfabetizar, devemos ter em mente que a alfabetização vai muito além do "saber ler e escrever": o aluno deverá "entender" o que está escrito e o que está sendo lido. Para isso, além da mobilização dos professores/educadores, precisamos que nossos governantes foquem a Educação e criem medidas mais efetivas. Muito se fala em "melhorar a educação" do nosso país, mas pouco se faz de efetivo. No discurso, falar em criar esta ou aquela medida para tornar a educação do país um "modelo" de sucesso, é lindo. Na prática, é apenas política, já que a educação sempre é um meio de fazer render bom frutos nas urnas. Também não acredito em modelos importados: nem sempre o que é bom para um determinado país, dará certo aqui no Brasil: há que se considerar a realidade, o sistema de governo e as condições sócio-política-econômicas de cada país. Penso que, "os detentores dos saberes" da Educação, antes de se limitarem a apenas debruçarem-se em cima de uma vasta bibliografia e inúmeros dados estatísticos sobre Educação e, com todo esse cabedal de informações, impor este ou aquele modelo como sendo o "melhor", "o mais eficiente", deveriam entrar numa sala de aula, procurar verificar in loco as dificuldades enfrentadas pelas escolas (direção, corpo docente, funcionários). Eu convido.
O sistema educacional brasileiro é falho, mas, como em tudo aquilo que não dá resultado há que se achar um culpado e, é óbvio que o professor está mais à mão: a culpa é do professor! Acredito que estes e outros conceitos devam ser repensados.


Leia também
Paz Celestial há 5 horas

Paz na alma é muito mais Do que paz de mente... pois passa desta par...
kuryos Artigos 5


Poema Rosa Para um Dia de Sol há 20 horas

A Rosa Emília A Rosa que an...
a_j_cardiais Poesias 38


Poema Suado há 20 horas

Estou num deserto de inspiração... Nada passa por aqui... Nem ladrão. ...
a_j_cardiais Poesias 34


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 3 há 23 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 12


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 2 há 23 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 10


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 1 há 23 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 10