VENCENDO A BATALHA DA IMAGINAÇÃO CARNAL

08 de Março de 2018 Pr CJJacinto Artigos 97



Precisamos levar cativo todo o nosso pensamento a obediência de Cristo (II Corintios 10:5). Não há campo neutro na plataforma de nossos pensamentos. O mundo mental é tão vasto e livre, que dificilmente temos ele sob controle. Permita-me afirmar que a grande maioria dos cristãos não se dá conta da grande necessidade de ter sob o domínio do Espirito Santo, o mundo dos nossos pensamentos. É fato bíblico, realidade inquestionável que o que acontece dentro de nosso coração em forma de desejos e sentimentos é tão grave quanto os mais horripilantes atos de pecados que um homem pode praticar (Mateus 5:27) O mundo mental sem controle e fora do domínio do Espirito Santo está sob forte engano espiritual e na maioria das vezes é um caldeirão fervendo com uma sopa de pecados e abominações. É muito triste saber que, pouco se fala sobre esse assunto hoje! A maioria dos cristãos não fazem ideia de que o Senhor vê o nosso mundo interior com a mesma nitidez que vê o exterior, conhece nossas intenções, pensamentos, desejos, o mundo mental não está fora da visão bendita do Deus santíssimo. Há um principio na Palavra de Deus que aborda esse assunto, Paulo nos admoesta "Destruindo os conselhos e toda altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo"(II Corintios 10:5) Nosso entendimento precisa ficar cativo ao exemplo da obediência de Cristo, precisa estar de acordo com a mesma disposição do Salvador. A vida de Cristo foi marcada por um centro: a vontade do Pai. Tudo gravitava em torno desse centro, Ele movia-se na direção certa e reajustava a sua vida interior a isso. Não havia discórdia entre o que fazia e o que pensava. Não havia um mundo interior oposto a um mundo exterior, mas os dois estavam harmonizados porque assim como Cristo agiu de maneira santa, também pensou de maneira santa. é por essa ótica que devemos entender o que significa levar nosso pensamento à obediência de Cristo. Não a nossa obediência, mas obediência do Salvador. Ele deixa o método, o exemplo, a forma de pensar correta é ir a Cristo sempre, e fazer dEle o centro da nossa vida interior. Se não formos à Cristo, não poderemos vencer a confusão de nossos pensamentos, não poderemos alcançar uma vida completamente santa, e se você não ama a santidade, não é a Cristo que você ama, mas sim os seus próprios pecados. A vida mental pode torna-se um abismo um esconderijo em que todos os vícios, paixões e infâmias ficam protegidos por nosso amor ao pecado. Quando levamos à Cristo, Ele que venceu o pecado através de sua obra perfeita e consumada na cruz, nos dará também a vitória. Essa é uma conquista dEle em nós, pois jamais poderemos vencer a natureza carnal com a força da nossa própria carne. A vitória só é garantida quando vamos ao Cristo obediente, e Ele que vence todas as batalhas, nos dará a vitória e nós seremos mais que vencedores. (Autor: Clavio J. Jacinto)

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
"Sou" há menos de 1 hora

Sou o livro sem palavras Sou a historia por contar Sou o céu sem estre...
joaodasneves Acrósticos 4


"Livro sem letras" há 2 horas

Meus livros já estão sem letras Meu papel sem cor Com a caneta vazia Q...
joaodasneves Poesias 6


Amor há 4 horas

Quando Jesus diz que aquele que o ama é quem guarda os seus mandamentos, o...
kuryos Acrósticos 7


ESTÁ TÃO ESCURO (poesia infantil) há 6 horas

Está tão escuro Por causa do muro O chão é duro Não bata o nari...
madalao Infantil 7


Amor de Primavera há 19 horas

Morena, quando tu flores, o verbo em ti, primavera, seguirá o caminho do...
a_j_cardiais Poesias 42


CICATRIZES há 1 dia

CICATRIZES Não se vive essa vida impunemente... Todo mundo, mais dia m...
ricardoc Sonetos 6