O que poderia o ministério da Lei sob o Antigo Testamento, fazer por si mesmo para produzir a justificação e a regeneração e santificação de pecadores? Nada. Somente o poder da vida indissolúvel do Filho de Deus sendo atuante pelo Espírito Santo produzindo regeneração e santificação poderia fazê-lo, mas não que sem antes os crentes fossem justificados pela expiação que há somente na morte e ressurreição de Jesus Cristo em favor deles. Deus quer vidas verdadeiramente santificadas em espírito, e isto não poderia ser feito pela simples observância das ordenanças da lei, até mesmo na carne, por pessoas que não eram de fato convertidas a Deus de coração, e que portanto, não eram transformadas em uma nova natureza santa e celestial, a qual pode ser obtida somente por meio da fé em Jesus Cristo.