Plenitude de Deus: Deus tem em si mesmo a perfeita completitude de um SER.

Deus é o ser mais perfeito que existe, a fonte mais pura de toda a santidade, a luz mais abrangente que pode existir, Deus tem a matriz da beleza mais concreta, do amor mais profundo, da misericórdia mais verdadeira, Deus é completamente justo em todas as direções, tem a sabedoria mais exata, é pessoalmente completo, eternamente imortal, infinitamente poderoso, sua excelência não tem qualquer limite, Deus é imensurável em seu ser, é o mais digno de todas as dignidades, o mais perfeito de todas as perfeições, no seu todo ser, incompreensível, a eternidade existe para ser o espaço suficiente para escrever todos os seus atributos, que por si mesmos são infinitos e precisa de um tempo continuo e sem fim para dar plena possibilidade de descrever suas qualidades.