Um Encontro de Natal

10 de Dezembro de 2013 Luis Claudio de Roco Artigos 1037



Luzes acesas a noite, enfeites
coloridos nas portas, um brilho diferente no semblante das pessoas. Tudo mostra
que é Natal. Presentes, festas, ceia, programações especiais, viagens, a casa
cheia de amigos e parentes. Realmente é Natal. Como gostamos do Natal, época em
que a alegria está no ar, as pessoas falam de Paz, Amor, Comunhão, enfim
lembram de todas as coisas que se referem ao período Especial que exige esta
festa. As pessoas são contagiadas pela “magia” do Natal. Algo que se sonha o
ano inteiro. Esperamos para saber qual o presente que vamos receber, ou não.
Esperamos rever os familiares que estão distantes. Esperamos até, quem diria, a
visita do “bom velhinho”. Esperamos pelo peru assado, pelo churrasco especial,
pelas nozes, pelas frutas, pela mesa cheia e farta.



Tudo isso é o
que aprendemos e o que se sabe hoje sobre o Natal. Tudo o que se pode dizer
sobre o Natal hoje é festa, celebração, confraternização de presentes e
abraços. Isso tudo é muito bom, aliás, isso deveria existir durante o ano inteiro.
O Natal poderia ser comemorado mais vezes no ano. O Natal poderia ser uma
verdade eterna em nossas vidas.



O “espírito
natalino” contagia as pessoas. Este espírito natalino contagia de tal forma,
que as pessoas são capazes de correr atrás de realizarem seus sonhos materiais
a ponto de fazerem promessas de todo tipo; de sair loucamente em busca de
dinheiro; de buscar a solução para seus problemas em previsões futuristas,
enfim são tantos caminhos que não levam a lugar algum, senão o sofrimento. Mas
Deus se importa conosco. E por Ele se importar conosco enviou o seu Filho
amado. Ele nos deu Jesus Cristo, o Salvador; Aquele que é a resposta para todas
as nossas perguntas; Aquele que é a solução para todos os problemas.



Na Bíblia em
Lucas 2. 10 e 20 podemos ver claramente o que significa encontrar a solução e a
resposta para todas as respostas que você procura e quero aqui dividir apenas
três delas com vocês.





Encontrar Jesus é encontrar a alegria perdida:
Uma encenação de Natal que retrata uma família comum como as milhares de famílias
espalhadas, estavam tristes, e até mesmo acomodados, por não terem condições de
comprar presentes e não terem condições de comprar alimento suficiente e
decente para eles. Claro que a família toda estava triste. Mas todos tinham
vontade se alegrar, afinal é Natal. É tempo de festa, é tempo de celebração, é
tempo de alegria.



Mas que
alegria pode existir quando falta algo? Que alegria pode existir se olhamos a
nossa volta e percebemos crianças, jovens e adultos esperando alguém trazer uma
Boa noticia, comunicar uma Boa-nova de grande Alegria, um Presente Especial.



Encontrar
Jesus nos dias de hoje não só em época de Natal é a maior Alegria que alguém
pode ter. Encontrar Jesus é encontrar a alegria perdida com o passar do tempo.
Encontrar Jesus é recuperar o sorriso na face de uma pessoa já sem esperança.
Encontrar Jesus é encontrar a verdadeira alegria do Natal.


ENCONTRAR
JESUS É ENCONTRAR A PAZ TANTO DESEJADA
: Nesta mesma encenação existe um
personagem que é o pai, marido o provedor da família e este sai em busca da
tentativa de realizar o desejo de seus filhos e de sua esposa, ele também vai
atrás de realizar o seu próprio sonho. Ele queria viver em Paz, sem ouvir as
reclamações da esposa, não queria mais ouvir e ver seus filhos chorando e
sofrendo. Este tipo de situação lhe fazia doer o coração. Aquela situação lhe
trazia grande falta de paz.



Encontrar Jesus
é encontrar a PAZ tanto desejada e outrora perdida. Perdida por dores sofridas.
Por decepções pessoais, causadas por outras pessoas. A Paz talvez nunca
encontrada e tão procurada por todos. Você não irá encontrar essa Paz em outro
lugar, ou em outra pessoa senão em Jesus Cristo. A Paz que todos falam existir
na época do Natal não está nos presentes, não está em uma ceia de final de ano,
mas está, e sempre estará em Jesus Cristo que é o Salvador, que é o Filho de
Deus, que é o Príncipe da Paz.


CONCLUSÃO: Mais que encontrar um trabalho para sustentar sua
família com dignidade. Mais que conseguir comprar presentes e boa comida para
sua família. Mais que se alegrar pela generosidade e bondade de um desconhecido
que lhe proporciona tudo isso, ao encontrar-se com Jesus Cristo o verdadeiro
dono do Natal, sua vida muda completamente. Muda para melhor, pois Jesus é a
Paz, a Alegria e a Salvação; não existe presente melhor que ser presenteado
pelo dono da festa, Jesus Cristo. Que você também possa encontrá-lo hoje e
assim possa ter a sua Alegria e a Paz restabelecida em sua vida.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Poema Rosa Para um Dia de Sol há 5 horas

A Rosa Emília A Rosa que an...
a_j_cardiais Poesias 32


Poema Suado há 5 horas

Estou num deserto de inspiração... Nada passa por aqui... Nem ladrão. ...
a_j_cardiais Poesias 28


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 3 há 7 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 6


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 2 há 8 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 6


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 1 há 8 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 6


""Ser deficiente, não é o final"" há 1 dia

Nos somos todos iguais, E ao mesmo tempo diferentes, Somos todos normais,...
joaodasneves Poesias 13