OLHE BEM O QUE FAZEM COM NOSSA VIDA. Palavras agridem em maioria das vezes são palavras de veludos cuidados nem sempre age ás claras. São bastantes dissimuladas e num vacilo seu está pronto para lhe puxar o tapete. No dia a dia você encontra pessoas que lhe agride sorrateiramente e nem sempre percebe.

Elas chegam falando suave, meiga, as palavras ferem como um punhal. Tem que ter jogo de cintura para se defender e também fingir que não está notando, apesar que muita gente não notam mesmo estas garras e ficam refém deste tipo de gente sem perceber, falo da agressão sutil, verbal, camuflada, diplomática,que você demora a identificar, não porque seja bobo, mas porque você não tem malícia, isto são índoles e sua índole é saudável, limpa, então fica difícil de você notar este tipo de gente dissimulado, talvez alguém já tenha enfrentado situações como esta, você se sente desconfortável e não sabe o porque.

Até que um dia você descobre que aquela falinha aveludada, voz mansa, está destilando um veneno e quando você se nota já está contaminado, você notou que aquela conversa disfarçada e aveludada lhe agrediu, e ai? Vais fazer o que? Pensa direitinho! Mesmo sabendo que isto lhe deixou um sentimento tão negativo.

Cabe a você procurar o seu lado forte e corajoso, não deixe que o sentimento de inferioridade, fracasso, insegurança lhe assole.

Também não passe a agir com palavras agressiva, seria isto que a pessoa que lhe fala com voz mansa e aveludada quer...Lhe irritar, tirar seu equilíbrio, não faça isto, se fizer você passa a ser o agressor e a pessoa a vítima.

Você tem que levar na normalidade, fingir não ter percebido a agressão e conversar normalmente tratar com mãos de luvas, educação. Logo vai notar que não está conseguindo nada com seu intento, ficará desmotivada a continuar.

Foi assim que sempre levei meu dia a dia, encontrei pessoas que me puxou o tapete e mostrei para ela que aquele tapete que me puxou foi um mal que me trouxe um bem e quando mais estas pessoas precisarem, devemos está ali pronta para lhe servir, não que sejamos bonzinhos, mas é nossa obrigação ensinar a quem não aprendeu... Que a vida são feitas de escolhas, e em maioria das vezes essas escolhas  pegam  sem dó, já outras demoram,  mais cedo ou tarde elas aparecem e muitas vezes nos pega sozinha sem ter a quem recorrer. É  a vida, ela gira e em um desses giros você pode está abordo e só tem você ali para lhe socorrer aquela voz mansa e aveludada não está mais tão prepotente, com aquela pitada de sutileza irônica.

Se você for obrigada a se relacionar com pessoas assim, seja em seu ambiente familiar ou de trabalho, procure conversar com ela quando não houver tentativa de lhe agredir. E tenha certeza que ela vai notar que você já sabe o jogo dela, no mínimo vai lhe dizer que você está enganada, não perca a oportunidade de resolver a situação delicadamente, são agressões velada que precisa de esperteza e sabedoria.