O Crescimento da Nova Natureza Celestial

03 de Junho de 2014 Silvio Dutra Artigos 626

O processo da nossa santificação pelo Espírito Santo consiste no despojamento progressivo do velho homem para o revestimento da nova criatura em Cristo Jesus, ou seja, para o seu crescimento e amadurecimento, uma vez que a recebemos como semente de vida eterna no dia da nossa conversão.Importa então que esta semente germine e cresça, e isto se traduzirá principalmente na implantação progressiva das virtudes de Jesus em nossas vidas, dentre as quais destacamos: humildade, mansidão, misericórdia, perdão, paciência, perseverança, domínio próprio, bondade, benignidade, longanimidade, paz, alegria no Espírito, devoção, reverência, sobriedade, temor a Deus, comunhão espiritual, gratidão, gentileza, suportar sofrimentos, perseguições, injustiças, amor até aos inimigos, piedade, quebrantamento, justiça, temperança, e muitas outras virtudes que fazem parte do caráter de Jesus. Caráter este que Ele deseja implantar em nós para que se cumpra o plano eterno de Deus de sermos transformados à Sua imagem e semelhança, pois é a cabeça do corpo que é a Igreja.Veja que tudo isto só foi possível de ser realizado em relação a nós, em razão da obra de expiação, redenção, e justificação, que Jesus fez em nosso favor, porque de outra maneira, sem o Seu sacrifício e sacerdócio, jamais poderíamos ser reconciliados com Deus, em razão da Sua justiça não permitir que Ele tenha comunhão com pecadores que não foram justificados dos seus pecados.Jesus tomou todos os nosso pecados sobre Si quando morreu na cruz, e ressuscitou para que nós pudéssemos ser justificados pela sua morte e ressurreição.Ele pagou a nossa dívida de pecados e de culpa integralmente, de maneira que não restou nada para nós pagarmos em relação à satisfação da justiça de Deus, para que pudéssemos ser perdoados, salvos e reconciliados com Ele para sempre.Muito bem, em linhas gerais, este é o plano da salvação que todo crente deve conhecer adequadamente.Foi por isso que o apóstolo Paulo escreveu a epistola aos Romanos, pela qual vamos começar o nosso estudo da vida cristã, ou seja, o que devo ser e fazer como um cristão, detalhando o significado de expiação, redenção, justificação, regeneração, santificação, eleição e predestinação, e glorificação.No primeiro capitulo de Romanos o apóstolo destaca especialmente a condição de todas as pessoas diante de Deus. Ele quis enfatizar que a justiça do próprio homem é imperfeita e incompleta para poder satisfazer a exigência da santidade e justiça de Deus, que demanda absoluta perfeição moral e espiritual, sem qualquer pecado cometido ao longo do curso de toda a nossa existência, condição esta que, patentemente, ninguém possuiu ou possui neste mundo, senão apenas o próprio Senhor Jesus, e por isso pôde se apresentar como oferta de sacrifício em nosso lugar, para que morrendo a nossa morte, pudéssemos ter vida eterna juntamente com Ele diante de Deus, que é Deus de vivos e não de mortos.


Leia também
GRECO-ROMANO - Des-História Universal há 1 hora

GRECO-ROMANO Os deuses se confundem nas histórias Dos povos que se fun...
ricardoc Sonetos 7


John Owen - Hebreus 1 – Versos 1 e 2 – P4 há 4 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 5


John Owen - Hebreus 1 – Versos 1 e 2 – P3 há 4 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 6


John Owen - Hebreus 1 – Versos 1 e 2 – P2 há 4 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 5


John Owen - Hebreus 1 – Versos 1 e 2 – P1 há 4 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 7


"Ontem a noite" há 17 horas

Ontem pela noite Sentei-me no sofa A saudade batia-me no rosto A solidã...
joaodasneves Pensamentos 21