Nossa Conversão a Cristo (salvação) é Instantânea

03 de Junho de 2014 Silvio Dutra Artigos 807

“39 Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna; e são elas que dão testemunho de mim;

40 mas não quereis vir a mim para terdes vida!” (Jo 5.39,40) A conversão é realmente instantânea e produzida pelo poder operante da graça de Jesus.Enquanto os fariseus dos dias de nosso Senhor, examinavam as Escrituras procurando achar nelas a vida eterna, não a encontraram porque não conseguiam entender que  o conjunto delas apontava para a necessidade de fé no próprio Jesus, para que Ele, pelo Seu exclusivo poder sobrenatural, salve a todo aquele que O buscar com um coração sincero e arrependido, e cheio da verdadeira fé, que é concedida por Deus como um dom àqueles que Ele tem chamado à salvação.É por isso que Jesus disse aos fariseus que eles não queriam vir a Ele para receberem a vida eterna, apesar de se aplicarem  a encontrá-la no exame que faziam das Escrituras do Velho Testamento.Esta é a razão porque muitos não chegam a se converter, apesar de estudarem exaustivamente a Bíblia, procurando basear a sua salvação no estudo bíblico que realizam.Não que o estudar a Bíblia não seja importante e necessário ao nosso crescimento espiritual em santificação, mas, realmente, por si só, não pode gerar em  nós a nova vida do céu, quando o assunto em pauta é o da nossa justificação e do novo nascimento do Espírito Santo, para que sejamos transformados em filhos de Deus.Porque, para isto, é necessário poder, e somente a graça é o poder operante que pode realizar tudo o que se refere à salvação.A lei é norma, mas a graça é poder, Daí ter dito o apóstolo João o seguinte: " Porque a lei foi dada por intermédio de Moisés; a graça e a verdade vieram por meio de Jesus Cristo." (Jo 1.17)Lembram do apóstolo Paulo impondo as suas mãos sobre os discípulos de João Batista, em Éfeso, para que recebessem o Espírito Santo?Eles foram convertidos naquele mesmo instante.E a mulher samaritana que se converteu logo no seu primeiro contato com o Senhor Jesus?E o que diremos de Zaqueu, o publicano?E do cego Bartimeu?Todos não foram salvos instantaneamente quando depositaram a sua confiança em Jesus?É  preciso pois apelar aos corações em plena convicção de fé, na certeza de que Jesus pode salvar no momento mesmo em que estivermos apelando para que os pecadores se convertam a Ele.Evidentemente, é necessário ser convencido do pecado pelo Espírito Santo para que nosso Senhor tenha sentido e significado para nós, como nosso Salvador.E não são poucos os casos em que o Espírito trabalha por muito tempo no coração das pessoas até que elas possam chegar ao referido convencimento do pecado; mas uma vez que se chegue a este ponto, e quando se arrependem do pecado e confessam a Jesus como Senhor e Salvador de suas vidas, a salvação será instantânea e definitiva, quando Jesus operá-la, e não será algo que será conquistado aos poucos. O chamado desenvolvimento da salvação – santificação – se seguirá como um processo logo após a conversão, e isto tem a ver com o crescimento espiritual e aperfeiçoamento em santidade, e não com obtenção da salvação propriamente dita.A exposição das Escrituras, sobretudo da Lei de Deus, da Sua justiça e juízos, muito podem contribuir para este trabalho de convicção operado pelo Espírito, para que sejamos conduzidos ao arrependimento e à fé.Neste ponto, necessitamos olhar somente para o Senhor Jesus com os olhos da fé, na expectativa de que Ele nos conceda a salvação, pela nossa justificação por Deus e pela regeneração do Espírito Santo (novo nascimento).Afinal Ele próprio diz que devemos olhar para Ele para sermos salvos.Além disso, podemos orar com a pessoa sob convicção de pecado, para que ela confesse a Jesus  como Seu Salvador e Senhor.Parece tudo muito simples e fácil, não é verdade?Todavia, estão implicadas neste ato poderoso e celestial, operações cheias de complexidade e sobrenaturalidade, que somente podem ser operadas pelo próprio Senhor Jesus Cristo, através do Espírito Santo. Pois não se trata apenas de dizer que se crê no Senhor Jesus, mas ser justificado, regenerado e santificado (recebimento da nova vida do céu, ainda que em embrião, de santidade, embora ela seja totalmente santa e perfeita).Vocês sabem que o próprio Senhor Jesus Cristo crescia em estatura, sabedoria e graça diante de Deus e dos homens, pelo total e perfeito amadurecimento das virtudes do Espírito Santo, que nEle operavam.Ele havia de fato, se esvaziado completamente, para depender do poder do Espírito, para se tornar um modelo, um exemplo, para nós, os que cremos no Seu santo nome.Então, é somente depois de convertida, que uma pessoa poderá  entender adequadamente o ensino da Bíblia sobre quem é Jesus, o Espírito Santo, e o modo pelo qual convém vivermos para Deus.A razão de a salvação ser dada por Deus de modo instantâneo e somente por fé, é certamente para que ninguém se glorie, nem mesmo no seu conhecimento bíblico, senão somente na pessoa de Jesus Cristo, pois importa que em tudo, somente Ele seja exaltado e glorificado, pela manifestação do Seu grande poder para transformar os nossos corações.


Leia também
ETERNAL (rondó) há 1 hora

ETERNAL (rondó) Não o poeta, sim a poesia Em cada verso haveria- De ...
ricardoc Poesias 5


Sintomático há 6 horas

Divagando pela favela, penso nela olhando a aquarela do sol se pondo. ...
a_j_cardiais Sonetos 26


"Minha humilde casinha" há 2 dias

Tenho na minha casa Quatro cadeiras e um colchão Uma mesa, e roupas pelo...
joaodasneves Poesias 18


Se Poema For Oração há 2 dias

Senhor, este poeta perdido vem Vos fazer um pedido: dai-me Vossa paz. ...
a_j_cardiais Poesias 66


"Bailei com a solidão" há 2 dias

"Bailei com a solidão" A beira do mar espero a Solidão E escuto ja o ...
joaodasneves Acrósticos 16


Perseverar Até o Fim – Parte 1 há 2 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 31