Com a criação e o crescimento das Redes Sociais, é comum muitos usuários relatarem suas opiniões e compartilharem suas experiências, tanto as boas quanto aquelas nem tão agradáveis, as que podemos definir como experiências negativas, sejam elas sobre a compra de produtos ou serviços, seja uma reclamação ou ainda uma indignação quanto ao momento político e social do Brasil.

Para estabelecer uma visão mais ampla, imagine que ao compartilhar algo por meio de links, fotos ou recomendações com a sua "rede", o significado de forma prática que você faz é deixar uma mensagem para o seu público (amigos, colegas e demais pessoas). Essa mensagem poderia ser traduzida mais ou menos como algo: vá até lá pois eu creio que você vai gostar de saber (ler ou ver) o que separei para você, e acredito que você vai compartilhar minha opinião (alegria, frustração ou dor). 

Verdadeiramente creio que as "experiências negativas" que cada um compartilha tem no fundo o objetivo do bem estar da sua própria "rede", e posso até mesmo dizer que consiste em avisá-la quanto a certas "armadilhas" ou motivá-las a pensar e agir igual na busca de um mundo melhor. Particularmente tenho dúvidas quanto aos efeitos positivos de se "compartilhar" coisas deste tipo, seja algo extremamente crítico ou até mesmo "chutar o balde" sobre algo.

Isto porque se as pessoas que recebem tal "indicação" não gostarem, se elas não se identificarem com aquilo, é provável que sua reputação caia perante essas pessoas e isto pode ser um efeito indesejável para você: "Todos nós temos nossos problemas e dificuldades e você ainda quer compartilhar os seus comigo?". Muitos irão pensar assim!

Agora raciocine: O que muitos buscam nas Redes Sociais (ou quase todos) não é nada mais e nada menos do que o aumento da reputação!?

Se interpretarmos cada rede social como uma economia, é provável que cada um de nós tenha um "saldo" diferente em cada uma delas, pois de alguma forma avaliamos onde compartilhar cada coisa, o que certamente gera esse saldo de reputação diferente em cada local (onde está sua melhor reputação?).

E neste ponto eu gostaria de sugerir uma reflexão: o que você faz aqui nesta Rede está lhe aproximando dos seus objetivos ou está lhe distanciando? Você tem objetivos claros quanto ao uso de cada Rede? Sua reputação está aumentando onde ou com quem você gostaria?

Pense nisso antes de publicar, pense que hoje um post pode representar "tatuar" algo em você, não na sua pele mas na sua imagem.

Há um risco de você não gostar deste meu comentário, e estou ciente que neste caso minha reputação perante você vai diminuir. É um risco que estou correndo e por outro lado, posso ter minha reputação elevada também. Mas estou sendo guiado pelo que gostaria de fazer, pelo que gostaria de orientar, não pelo aumento da minha reputação (não neste momento), pois no fundo acredito que isso pode ajudar a todos nós e o benefício poderá compensar o risco. 

Não estou lhe criticando, não estou lhe julgando, não estou me posicionando contrário ou acima de você, mas sim ao seu lado. Espero que isso possa verdadeiramente lhe ser útil.

Portanto, avalie o que você espera obter com o seu próximo post, comentário ou compartilhamento e acredite que o aumento da sua reputação e prestígio será mais fácil com mensagens e experiências positivas (todos gostam de pessoas alegres, bem sucedidas e com boas experiências), mesmo sabendo que estamos rodeados de situações desagradáveis. 

Obrigado por ter lido o que escrevi e boa sorte! 

Luis Freitas