É realmente tem coisas especiais, das quais só nós sabemos o quanto vale lutar para se ter ou manter ao nosso lado.Eu sempre procuro observar e depois analisar sozinha cada momento e cada coisa que se foi dita, como se no fundo eu soubesse que tinha mais ali do que meus sentidos puderam notar.Sou essa coisa doida e incompreendida por muitos e abraçada por alguns, as vezes feliz, as vezes triste e sempre sorrindo e sonhando afinal a magia não pode acabar.Por mais desanimo que eu ainda possa ter e por mais batalhas que eu ainda tenho que vencer e são muitas, ainda sim tenho uma vontade louca de enfrentar tudo de frente.E todas as vezes que me pego no chão e já sem forças, ainda sim tenho uma teimosia que é só minha e me faz levantar sempre.Porque amo desafios, principalmente os mais difíceis em que todos e inclusive eu duvidam que eu consiga superar, sou raivosa, valente e tenho gana em crescer.Sou guerreira sim, porque tenho coragem e ainda força para me segurar nessa guerra sozinha.Sozinha porque quem vai passar por ela sou eu, quem vai sentir a dor sou eu, quem vai pensar em desistir e não vai poder sou eu e quem vai seguir e lutar sou eu.Sei que tenho apoio da minha tropa de familiares, amigos e outras pessoas que torcem e acreditam que eu posso e é mais pelos outros do que por mim que eu ainda respiro.Sou descendente de guerreiro e nobres europeus, um sangue que já começou com muitos heróis vencedores de muitas batalhas, e mantendo a tradição não posso parar.Afinal não importa o porque de passar por  tanta coisa e não conseguir entender isso, a maior certeza é que tudo um dia acaba.(Suziany A.Faria)