Theobaldo Miranda Santos: professor-autor

12 de Abril de 2014 Acir da Cruz Camargo Biografias 3941

Foi sepultado ontem à tarde no Cemitério São João Batista, o professor Teobaldo Miranda Santos, que morreu aos 66 anos de idade, deixando publicados mais de 150 livros didáticos, principalmente para os cursos primário e normal.Um de seus principais editores, Sr. Cândido Guinle de Paula Machado (Agir), afirmou ontem que ele foi um "professor que se realizou em sua vocação, tanto no exercício do magistério como no de autor.". Só na Agir, suas obras ultrapassaram a tiragem e 15 milhões de exemplares.

REALISMOPara o Sr. Cândido Guinle de Paula Machado, o traço marcante de toda a obra didática do Professor Teobaldo Miranda Santos foi o realismo: "Ele escrevia seus livros, principalmente os destinados ao curso primário, em função do meio a que eles iriam servir. Conhecedor das carências e deficiências do ensino, interior, fazia seus livros dentro dessas características, para que eles fossem realmente um instrumento adequado ao trabalho das professoras.Ao lado da capacidade didática e pedagógica do professor Teobaldo Miranda Santos, destacou, ainda, o cunho profundamente humano que impunha a todas sua ações. O professor era autor da série Vamos Estudar e suas últimas obras, para o curso primário, publicadas pela Editora Agir, foram livros de Educação Moral e Cívica.

ESTUDOSO Professor Teobaldo Miranda Santos, que deixou cinco filhos e 10 netos, era natural de Campos, no Estado do Rio, mas fez seus estudos em Juiz de Fora, Minas Gerais. Desta cidade seguiu para Manhuaçu, onde fora fora nomeado professor da Escola Normal do município. Posteriormente, voltou à sua cidade natal.

Ali foi professor catedrático do Liceu de Campos, do Instituto Católico de Estudos Superiores e diretor do Departamento de Educação Municipal. Em 1938, era transferido para o Rio de Janeiro, onde iniciou suas atividades como professor de Filosofia da Educação na antiga Universidade do Distrito Federal.

CATEDRÁTICOA mesma época, assumiu também a Cadeira de Filosofia da Educação no Instituto de Educação, Faculdade de Filosofia Santa Úrsula e da Universidade Católica. Antes de ser nomeado Secretário de Educação, na administração Henrique Dodsworth, foi membro da Comissão Nacional do Livro Didático do então Distrito Federal, diretor do Departamento de Educação Técnico-Profissional, do Departamento Primário e do Departamento de Adultos.O professor Teobaldo Miranda Santos, que também se formara em Farmácia e Odontologia em Juiz de Fora, deu aulas de Física, Química, História Natural, História da Civilização e Geografia, em estabelecimentos de ensino de Campos, Manhuaçu, até ter sido Catedrático de Ortodontia e Odontopediatria, na Faculdade de Farmácia e Veterinária de Campos. Ele dizia sempre que era "apenas um professor".Jornal do Brasil, Domigo, 21, e 2ª feira, 22/3/71 - 1º caderno

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
CIDADE DOS PATOS (cordel infantil) há 9 horas

Vivia na bela cidade dos patos Um velho pato que contava fatos De uma fam...
madalao Infantil 5


"Feliz...dia...de...São João" ... há 16 horas

Quem dera ir mais além, cantar mais alto Sobre esse chão salgado onde na...
joaodasneves Poesias 5


No Vento da Literatura há 17 horas

Gosto da poesia quando chega de surpresa... Pode não ter beleza, mas q...
a_j_cardiais Poesias 30


Bendito Amor Eterno há 2 dias

Quando pensamos que Jesus disse que todo aquele que lhe foi dado pelo Pai, ...
kuryos Artigos 13


"Vendo" há 2 dias

Hoje vendo um corpo sem alma, e um extrovertido coração partido, uma ...
joaodasneves Acrósticos 9


"Te amo vinho tinto" há 2 dias

Tu meu querido vinho tinto, és e serás a minha inspiração, Ter o cop...
joaodasneves Poesias 10