Anticorpos

06 de Junho de 2014 Saulo Alves Falcão Biografias 840

Mas eu tive meu coração machucado, sabe?! Machucado não, ele praticamente foi amassado e pisoteado propositalmente, eu sofri bastante - ai como eu sofri -, e o pior, foi em parcelas que pensei que não pagaria nunca. Lágrimas escorriam pelo meu rosto feito cachoeira, sentia meu coração sangrar, mas não podia fazer nada, a não ser repassar para o mundo que eu estava bem, mas só eu sabia que não estava - não estava mesmo. Mas depois de um tempo passou, hoje, estou aqui pra comprovar que dá para se ter uma recuperação 100% de um amor estragado. Depois de um tempo seu corpo já rejeita o que pode te fazer mal, é como se você tivesse tomado algum tipo de vacina anti-sofrimento ou anti-desamor, é uma espécie de anticorpos que está agindo pelo teu corpo, principalmente no teu coração, e isso, meu caro, te dá uma segurança enorme.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Lembra? há 1 dia

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 13


Principio há 1 dia

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 10


Viandar há 1 dia

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 10


Fluxo do tempo. há 1 dia

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 11


Sou há 1 dia

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 10


Ame...! há 1 dia

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 8