Mas eu tive meu coração machucado, sabe?! Machucado não, ele praticamente foi amassado e pisoteado propositalmente, eu sofri bastante - ai como eu sofri -, e o pior, foi em parcelas que pensei que não pagaria nunca. Lágrimas escorriam pelo meu rosto feito cachoeira, sentia meu coração sangrar, mas não podia fazer nada, a não ser repassar para o mundo que eu estava bem, mas só eu sabia que não estava - não estava mesmo. Mas depois de um tempo passou, hoje, estou aqui pra comprovar que dá para se ter uma recuperação 100% de um amor estragado. Depois de um tempo seu corpo já rejeita o que pode te fazer mal, é como se você tivesse tomado algum tipo de vacina anti-sofrimento ou anti-desamor, é uma espécie de anticorpos que está agindo pelo teu corpo, principalmente no teu coração, e isso, meu caro, te dá uma segurança enorme.