Suposta carta

30 de Junho de 2017 Delírios Cartas 131

Essa não era pra ser uma carta de adeus. Era pra ser uma carta na qual eu diria o quanto te amava, e não o quanto estou tentando matar esse sentimento dentro de mim. Era pra eu te dizer como você foi o único capaz de juntar os meus caquinhos, e não que você me deixou mais quebrada do que eu estava quando nos conhecemos.
Eu deveria estar dizendo o quanto amo ter você na minha vida, e não o quanto vai ser difícil redescobrir como é minha vida sem você. Ao escrever essa carta eu deveria ter a certeza de que o que tínhamos era único e verdadeiro, ao invés de estar duvidando da veracidade de todos os momentos que vivemos.
Essa era não era pra ser uma carta de adeus, mas você transformou meu amor em dor, me quebrou e me obrigou a dizer adeus.


Leia também
SETE ESTROFES INCONDICIONAIS há 3 horas

SETE ESTROFES INCONDICIONAIS não importa que me tomes ...
ricardoc Cirandas 9


A PROFECIA há 11 horas

Andava tranquilamente pelas ruas da cidade, de calça jeans e camisa branca...
juniorcampos Prosa Poética 10


LINDO BRILHO há 11 horas

Ontem olhei para o céu, brilho forte das estrelas, lembrou-me teus ol...
juniorcampos Poetrix 7


TRAQUINAS há 2 dias

TRAQUINAS Dizia o pai de seu pai: -- "Deixa esse menino ser criança!" ...
ricardoc Poesias 18


Padrãozinho na Sociedade. há 2 dias

Apenas mais uma despercebida na sociedade, anda pelas ruas solitárias de S...
baecchin Pensamentos 21


Cortinas Do Tempo há 2 dias

Abriu se a cortina do tempo E o sol da minha vida começou brilhar Diante...
tonyramos Letras de Música 11