carta

25 de Junho de 2012 João pinheiro Cartas 514

Ao escrever-te esta carta minhas lágrimas caíam sobre o papel! Se por aí chegar borrada te peço perdão pois não pude conter a dor de estar longe de ti, as poucas palavras escritas neste papel resumem a falta que você me faz.
Quero que leia com atenção e me digas se dúvida do meu amor por você, espero acreditar em meus sentimentos pois são verdadeiros assim eles me fizeram chorar.
Se minhas lágrimas falassem por min ás palavras escritas nesta carta seria mais tocantes, não posso continuar meus olhos já não podem mais chorar, ao secar a ultima lágrima que por ti chorei vem a minha cabeça a lembrança do nosso último beijo o que me fez chorar.


Leia também
Poema Rosa Para um Dia de Sol há 14 horas

A Rosa Emília A Rosa que an...
a_j_cardiais Poesias 38


Poema Suado há 14 horas

Estou num deserto de inspiração... Nada passa por aqui... Nem ladrão. ...
a_j_cardiais Poesias 32


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 3 há 17 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 8


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 2 há 17 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 10


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 1 há 17 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 7


""Ser deficiente, não é o final"" há 2 dias

Nos somos todos iguais, E ao mesmo tempo diferentes, Somos todos normais,...
joaodasneves Poesias 13