Tudo parecia normal, era uma tarde comum daquelas que foram feitas para matar aula. Estávamos todos nos divertindo, risos, e tudo que uma tarde dessa tem direito. Mas cá entre nós a nostalgia é o mais belo e mais doloroso sentimento, doi do fundo de minha alma me lembrar que tinha amigos, que tinha uma vida, um apoio que se eu tivesse cuidado direito estaria lá sempre que uma gota de loucura me dominasse. 

Hoje tudo não passa de lembranças, fotos e sentimentos que o tempo corroeu. Acho que de tão louco que estou ainda espero dias como esse. Como disse Ghandi '' - Tudo que fazemos nessa vida é insignificante, mas não devemos deixar de fazer.'' 

A sua presença é iminente em meu ser, nada mais faz sentido a não ser a vontade de viver aqueles dias passados e um dia poder contar pros meus filhos que a amizade verdadeira é não é só aquela que te marca, mas que sempre renova o espirito da amizade.