É tão estranho ver que dia é hoje e saber que tudo se tornou tão diferente. Espero que ainda haja sorrisos e amor em seus dias, da mesma forma
que havia quando os dias eram nossos.



Espero que tenha guardado contigo o meu egoísmo, assim como ainda guardo seu perfume
no fundo do armário. Ao menos hoje faça como eu e escreva uma carta. Sei que
isso talvez não passe de nada, mesmo sendo tudo.



Sei que ao entardecer esta mesma estará queimada, junto com a folhagem seca de fim
de inverno; junto com meu egoísmo e minha sanidade mal compreendida.



Espero que não me odeie e nunca se esqueça de que o seu sorriso foi meu um dia.