Por mim, finalmente

11 de Agosto de 2011 AmandaBomfim Cartas 1155

Foi com grande dor que disse Adeus, mas foi por uma dor maior ainda que tive que dizer Adeus.
Quando precisei, você não me escutou, me ignorou. Mas quando você precisou, eu estava lá, apoiando você.
Parei de confiar em você, me decepcionei com a realidade. Eu sofria cegamente e esquecia todas as decepções e o sofrimento quando você aparecia sorrindo.
Você me usou, usou minha carência, minha dependência, e esqueceu que eu tinha sentimentos. Na verdade, acho que você nunca achou que eu fosse capaz de ter sentimentos.
Agora estou aqui, sofrendo mais uma vez, por você, por um sentimentos idiota que me levou a crer que você pudesse amar alguém além de si.
Um dia, quem sabe, eu descubro o que você realmente queria de mim. Porque parece que, mesmo depois de tanto tempo, eu nunca tive serventia; me diz: Eu fui útil?! Você pelo menos se divertiu às minhas custas?! Talvez eu não queira nem mesmo saber a resposta. Aposto que a aflição da expectativa é melhor do que a dor da decepção de qualquer que seja a resposta.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
A Origem e a Razão de Ser de Tudo há 1 hora

Deus não criou todas as coisas para depois intentar formar uma Igreja. Ao...
kuryos Artigos 6


ETERNAL (rondó) há 14 horas

ETERNAL (rondó) Não o poeta, sim a poesia Em cada verso haveria- De ...
ricardoc Poesias 6


Sintomático há 19 horas

Divagando pela favela, penso nela olhando a aquarela do sol se pondo. ...
a_j_cardiais Sonetos 38


"Minha humilde casinha" há 2 dias

Tenho na minha casa Quatro cadeiras e um colchão Uma mesa, e roupas pelo...
joaodasneves Poesias 20


Se Poema For Oração há 3 dias

Senhor, este poeta perdido vem Vos fazer um pedido: dai-me Vossa paz. ...
a_j_cardiais Poesias 81


"Bailei com a solidão" há 3 dias

"Bailei com a solidão" A beira do mar espero a Solidão E escuto ja o ...
joaodasneves Acrósticos 17