A sensação de voar é maravilhosa. Sinto o vento gelado em meu
rosto, passando pelos meus cabelos, sinto o gosto do sol ameno e o
cheiro da liberdade.

     O dia está entardecendo e eu voo em direção
ao horizonte levemente colorido pelo sol, seus tons alaranjados e
róseos me encantam. Meu coração transborda de amor por meu criador, meus
olhos não se cansam de ver as maravilhas criadas por Ele.

    
Atravesso velozmente florestas inteiras, observo os mais variados tipos
de animais, chego até a imensidão do mar azul e me impressiono com tão
perfeita e harmoniosa criação, tudo obra das mãos dele.

     Já
chegou a hora mais perfeita e majestosa do dia, a hora de louvar e
adorar ao meu criador.  Chego aos portões celestes e junto com outros
anjos vou entrando ansioso por vê-lo face a face novamente. 

   Uma
multidão de anjos e santos se achegam até o trono de Deus, e à sua
direita está assentado o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.
 Sua glória brilha mais do que o sol, sua presença é mais poderosa que
tudo no universo, seus olhos vertem amor e misericórdia. Estar perto
dele vale o fato de existir.

     Todos se ajoelham e adoram ao
Senhor, e o seu amor é derramado sem medida sobre nós.  Estou extasiado e
embriagado de amor e de poder. Sinto-me revigorado e pronto para a
minha tarefa, que me foi dada pessoalmente por Ele, cuidar e proteger a
coroa da criação, seu mais precioso bem: você que está lendo este texto
agora mesmo.

    Me espere que já estou chegando.