Não era necessário repetir a mesma pergunta a padre Pio, mesmo que mentalmente.

 O marido de uma boa mulher estava muito doente.

A senhora corre para o convento, mas ela se perguntava:

"Como chegar ao padre Pio?”

Ela teria que esperar pelo menos três dias se quisesse conhecê-lo para uma confissão.

 Assim, durante a missa ela caminhava de um lado para o outro, contando para Nossa Senhora das Graças qual era o seu problema e pedindo, ao mesmo tempo, a ajuda do padre Pio.

 Assim, após o término da missa, cruzou novamente a igreja para falar com o padre Pio. Alcançou-o, finalmente, num corredor onde ele normalmente passava.

 Ao vê-la, padre Pio disse: "Mulher com pouca fé, quando você vai parar de me pedir ajuda?

 Você pensa que eu sou surdo?

 Você já me falou isto cinco vezes quando você estava na minha frente, atrás de mim, do meu lado direito o e do meu lado esquerdo.

- Eu entendi! Eu entendi!... Vá para casa! Tudo está bem”.

De fato, milagrosamente ,ela encontrou o seu marido curado.