Lobo branco - pt 9 - Furia

06 de Agosto de 2014 Abimaleh Kayron Contos 695

Os três sorriram observando os dois garotos esfarrapados em sua frente.

- Ora, ora, ora - disse Henry dando dois passos na direção de Gerrard - O que temos aqui? dois filhotes perdidos na floresta rapazes.

Suas palavras foram seguidas pelas gargalhadas dos dois que estavam atras dele.

- O que devemos fazer com eles Henry? - perguntou um deles.

- O que o mestre Gevaudan mandou, é claro - Henry apertou uma mão na outra ate estalar os dedos e prosseguiu - Arrancar as cabeças e levar pra ele.

- Pois venha seu verme - gritou Gerrard fechando os punhos na direção de Henry.

Jean apenas observava, o nome de Gevaudan o fez relembrar a cena de Hulm sendo assassinado cruelmente. 

- O que ele fez pra vocês? - diz entre lagrimas o jovem Jean.

- Do que esta falando garoto - diz Henry.

Os pelos negros cresciam no braço de Jean e seu olhar castanho se transforma rapidamente em amarelo, as orelhas tomam a forma pontuda e um focinho cresce no lugar de seu nariz, as unhas se transformam em garras afiadas capazes de partir um homem ao meio. Ele então avança furiosamente para cima de Henry, esse no entanto segura o braço de Jean afastando-o para longe.

- Calma filhote, não tenha tanta pressa para morrer - diz Henry calmamente com um leve sorriso.

- Jean calma - Grita Gerrard

Jean se vira para ele e o ataca também, porem Gerrard desvia "ele perdeu a consciência novamente" pensa Gerrard, "não sabia que ele era tao apegado ao Hulm". Gerrard começa então a se transformar também, parando antes de rasgar a camisa.

Os dois atras de Henry perguntam se ele precisa de ajuda.

- Não, esses filhotes não são páreos para mim, principalmente esse que não sabe nem se controlar -  diz Henry apontando para Jean.

Esse começa a babar e rosnar intensamente como um cão louco, e ataca novamente Henry o derrubando no chão.

- Estão vendo? Brincadeira de criança - Henry agarra o pescoço de Jean e o ergue a alguns centímetros para longe do seu corpo.

Gerrard se volta então para os outros dois e diz:

- Vocês dois são meus então, sei que Jean pode com esse lobo lixo.

- Venha - gritam os dois.

Enquanto isso Jean esta quase sem folego.

- Que é isso cãozinho não precisei nem fazer esforço para acabar com você - sorri Henry apertando mais ainda sua mão no pescoço de Jean - Não preciso nem me transformar para destruí-lo.

Jean sufocado, e babando, em um ultimo esforço abre a boca e morde o pescoço de Henry arrancando a cabeça fora. Os dois de longe observam sem se mover. Gerrard de costas sem ver o que acontece diz:

- O que foi ficaram com medo é? - diz Gerrard, entao os dois apontam para trás.

Gerrard se vira e observa a cena. Jean com a boca ensanguentada e o corpo sem cabeça de Henry.

- Merda! - exclama Gerrard.

Jean vira-se para eles e caminha lentamente em sua direção, os dois se transformam um em javali e o outro em gamba e correm na direção de Jean, ele urra com fúria e agarra o pescoço dos dois os jogando contra o solo violentamente.

- MORRAM! - diz Jean apertando as garras no pescoço dos dois e rasgando as gargantas deles.

Gerrard observa atônito o enlouquecido Jean que agora se vira para ele. "Sera que sou o próximo" passa rapidamente em sua cabeça.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Lembra? há 3 dias

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 24


Principio há 3 dias

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 15


Viandar há 3 dias

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 14


Fluxo do tempo. há 3 dias

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 16


Sou há 3 dias

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 17


Ame...! há 3 dias

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 13