Viagem do Coração ao jardim da esperança

13 de Agosto de 2014 Pr CJJacinto Contos 722




Aquele antigo sonho deixou um
portal aberto, e então resolvi entrar para passear por suas veredas. Ao ver
aquele imenso vale, como se fosse um infinito jardim cheio da mais verde e
brilhante relva, e muitas flores do mais puro perfume, ainda tantas arvores,
cheias de folhas em forma de coração e frutos vermelhos, de aromas inebriantes,
ficou minha alma feliz. Havia uma longa estrada, por todo o trajeto, estrelas
celestes descansavam sobre os rubis a beira do caminho. O vento soprava ameno,
como uma harpa entre montanhas elevadas, e um choro de anjos puros. Sentia o
cheiro do mel mais doce, como se todas as fontes da doçura corressem dos montes
ao aconchego de um silencioso oceano de amor. Sentei-me no meio da estrada e
depois deitei-me, coloquei meu rosto naquela terra consagrada, e meu rosto
apegou-se ao pó daquele caminho. Ouvi uma voz de sorriso e choro, de uma
criança que se aproximava com um brinquedo quebrado nas mãos. Ela veio até mim,
vi seus olhos azul que brilhava como o fogo celeste de uma manhã de verão.
Tomei o brinquedo de suas  mãos, e
levando ao meu peito, também chorei e depois sorri, observei as partes
quebradas e as consertei e devolvi aquela criança e anjo, que  saiu pulando e cantando uma canção de afeto,
aquela musica que faz a alma ninar. Olhei para o céu e vi as nuvens em forma
sinos, que balançavam , também vi borboletas com asas de prata e lençóis de
linho branco que cobriam a aureola do amanhecer. Senti vontade de voltar, e
descobri que portal estava fechado. Não me preocupei, pois sábio como retornar
desse lugar. Tornou-se meu coração insensível, e uma incredulidade permiti
chegar ao coração, uma porta de sombras apareceu diante de mim, e então
atravessei até voltar ao meu mundo real. Mundo dos homens, mundo das guerras. É impossível não pensar sobre o quanto muitos considerem minha viagem um apego a
ilusão, porém nada mais incoerente do que a sobrevivência permitida pelos
homens, de toda espécie de egoísmo, orgulho e maldade, que faz desse mundo real,
um lugar difícil para aqueles que cultivam o verdadeiro amor e mas serena
sensibilidade.


Clavio Juvenal Jacinto



Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
O PERDÃO DE DEUS há 1 hora

Todos estão afastados de Deus por causa do pecado, Deus sempre buscou u...
denilson Mensagens 7


A OBRA DO ESPÍRITO SANTO EM RELAÇÃO A IGREJA há 1 hora

Habita na igreja como seu templo, É derramado como chuva sobre a igreja...
denilson Mensagens 7


Tribulações dos Santos e os Livramentos Divinos 2 há 1 hora

As Tribulações dos Santos e os Livramentos Divinos – P2 Por Charles H....
kuryos Artigos 7


Tribulações dos Santos e os Livramentos Divinos 1 há 1 hora

As Tribulações dos Santos e os Livramentos Divinos – P1 Por Charles H....
kuryos Artigos 8


A OBRA DO ESPÍRITO SANTO EM RELAÇÃO AO CRISTÃO há 1 hora

Habita em todo verdadeiro cristão e convence o pecador do seu pecado, R...
denilson Mensagens 7


MEMBROS DO REINO DE SATANÁS há 1 hora

As características dos membros do reino de Satanás, Adotam a increduli...
denilson Mensagens 9