Nasci menina ,hoje Mathias e feliz..... -1-

31 de Agosto de 2014 professor Contos 657

Uma história verdadeira de Transexualidade

Li esta reportagem num tabloide e gostaria de compartilhar com vocês , mudei apenas os nomes pois não quero expor ninguém .

Tudo começa quando o menino Mathias chegando do colégio diz:
-"Mãe, tirei zero na prova de Português porque escrevi o meu nome social e não o de registro. A professora disse que eu tinha rasurado".

Mathias chega contando o problema pelo qual passou na escola. A situação exemplifica o tipo de percalço enfrentado por um menino transexual de 14 anos de idade, que vive , em São Paulo.

Ter um problema como esse não abate Mathias , seus cabelos azuis e camisa preta de banda, ele é um adolescente como muitos outros, cheio de paixões e aspirações.

Além dos mangás orientais, ele se diverte ouvindo bandas como Green Day e My Chemical Romance.

Cabeleireiro e tatuador são as profissões que Mathias pensa seguir quando for adulto. Cursando o oitavo ano do ensino fundamental, ele aprendeu inglês e japonês estudando por conta própria em casa.

Nascido menina, Mathias se percebeu diferente já aos quatro anos de idade. "Sempre gostei de andar com os meninos, o melhor presente que ganhei na minha vida foi uma pista de carrinhos", revela o adolescente, que teve a sorte de vir ao mundo num ambiente livre de preconceitos.

Seus pais são jovens 3 6 e 38 anos.
"Nós víamos que ele não gostava de boneca, de coisas cor-de-rosa.

Aí eu dizia para quem quisesse dar presente que desse roupa para ele”, conta a mãe. No entanto, o apoio dos pais não evitou que Mathias enfrentasse o preconceito quando tinha sete anos.

Na época, ele cortou os cabelos bem curtos e passou a sofrer agressões repetidas de uma colega de escola. "Ela me batia e falava que menina tinha que gostar de rosa e ter cabelo comprido", relata o adolescente, sem disfarçar a tristeza.

Sua mãe lembra que este momento marcou o início de uma fase de isolamento do filho. "A partir daí, ele foi ficando introspectivo. Com doze anos, já não falava com ninguém.

Começou a se cortar nos braços e falava que tinha um grande segredo", narra a mãe, que decidiu então, juntamente com o marido, procurar ajuda de um psicólogo.


continua .......

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
LUTA ARMADA há 15 horas

LUTA ARMADA Aqueles tidos como imprescindíveis Pelo afã de lutar toda...
ricardoc Sonetos 5


Paz Celestial há 1 dia

Paz na alma é muito mais Do que paz de mente... pois passa desta par...
kuryos Artigos 12


Poema Rosa Para um Dia de Sol há 2 dias

A Rosa Emília A Rosa que an...
a_j_cardiais Poesias 61


Poema Suado há 2 dias

Estou num deserto de inspiração... Nada passa por aqui... Nem ladrão. ...
a_j_cardiais Poesias 50


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 3 há 2 dias

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 20


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 2 há 2 dias

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 15