Com que Roupa eu vou?

Haroldo é o filho mais velho de Ruth, uma mulher vivida e batalhadora que trata dos três filhos com uma mísera pensão e serviços de diarista. Haroldo trabalha de vendedor em uma floricultura e durante a noite é bolsista em uma faculdade cursando engenharia química, e namorava com Marli, uma menina de classe alta, que a conheceu em sala de aula.
Eram bordas de prata da tia de Marli e a festa iria ser no sábado, em um clube super requintado e Haroldo ficou de encontrá-la na festa e guardou o convite que devia ser apresentado na entrada.
Sem roupas adequadas para a festa, Haroldo pegou todas suas economias e mais empréstimo com seu patrão e foi as compras.
Ao chegar sábado de tarde, Haroldo mostrou as roupas para uma de suas irmãs e pediu ajuda para se arrumar.
__ O que isto Haroldo? Você vai a uma festa brega? Esta roupa está horrível, não se usa mais.
Foi como um balde de água fria, e agora, o que ele iria fazer?
Sua irmã era uma pessoa bem social, ligou para alguns amigos e conseguiu uma roupa a altura da festa.
___ Nunca te vi tão bem vestido assim meu irmão, você está lindo e pronto.
Logo que entrou no clube Haroldo se sentiu meio deslocado e assim que entrou com Marli foi bem elogiado, mas...
___ Como você está lindo meu amor! Só precisa aprender a ler os convites, esta minha tia apesar da classe social e a idade, ele é doidona, e o traje para esta festa é brega.