Diàriamente, entrava no "mar" de publicações do "Texton". E os comentários... "Nada"!