O que está acontecendo com você? Desencadeou uma falta de limite, uma explosão de irresponsabilidade sem tamanho, um querer como se o mundo fosse acabar amanhã. E se fosse? Estaria certo agir dessa forma? Como se nada e tudo valesse a pena, como se não houvesse sentimentos. Não consigo achar um motivo para tal comportamento, mesmo tendo decepções e frustrações sempre devemos achar um caminho para melhorar, não jogar a vida para o alto e agir como se tudo estivesse perdido como se não fosse atingir ninguém, certamente não atingirá ninguém além de você mesmo. Adianta fazer absurdos e segundos depois arrepender-se? Descobrindo que aquele mundo não é seu, que aquela realidade não é sua, sentir aperto no peito por não estar se conhecendo. A vida é difícil sim, prega peças, mas é preciso sabedoria para enxergar o que não está certo e mesmo levando tapas na cara, rasteiras é preciso levantar a cabeça e continuar sendo aquilo que sempre fomos com nossos valores e personalidade imutáveis, claro sendo eles benéficos para nós. Extremamente aceitável que se tente coisas novas, um novo comportamento, se aquele que você tomou como certo não é exatamente o melhor pra você, mas não é errando que se consertam os mesmos! Agora fica aí com essa nostalgia de um tempo onde as coisas eram mais fáceis, e se perguntando: Porque não posso voltar atrás? Por que não podemos refazer o passado. Ah que bom seria não é mesmo? De nada vai adiantar ficar sentada de cabeça baixa e pensando como vai redimir os feitos. A solução é reerguer-se e acertar de alguma forma para que lá na frente tudo se torne diferente do que é hoje e que possa ficar em paz diante de seus atos. O importante não é o que os outros acham e sim a confortável sintonia e aceitação dentro de si.