Atitudes e erros...

30 de Novembro de 2011 T.Brum Contos 900

O que está acontecendo com você? Desencadeou uma falta de limite, uma explosão de irresponsabilidade sem tamanho, um querer como se o mundo fosse acabar amanhã. E se fosse? Estaria certo agir dessa forma? Como se nada e tudo valesse a pena, como se não houvesse sentimentos. Não consigo achar um motivo para tal comportamento, mesmo tendo decepções e frustrações sempre devemos achar um caminho para melhorar, não jogar a vida para o alto e agir como se tudo estivesse perdido como se não fosse atingir ninguém, certamente não atingirá ninguém além de você mesmo. Adianta fazer absurdos e segundos depois arrepender-se? Descobrindo que aquele mundo não é seu, que aquela realidade não é sua, sentir aperto no peito por não estar se conhecendo. A vida é difícil sim, prega peças, mas é preciso sabedoria para enxergar o que não está certo e mesmo levando tapas na cara, rasteiras é preciso levantar a cabeça e continuar sendo aquilo que sempre fomos com nossos valores e personalidade imutáveis, claro sendo eles benéficos para nós. Extremamente aceitável que se tente coisas novas, um novo comportamento, se aquele que você tomou como certo não é exatamente o melhor pra você, mas não é errando que se consertam os mesmos! Agora fica aí com essa nostalgia de um tempo onde as coisas eram mais fáceis, e se perguntando: Porque não posso voltar atrás? Por que não podemos refazer o passado. Ah que bom seria não é mesmo? De nada vai adiantar ficar sentada de cabeça baixa e pensando como vai redimir os feitos. A solução é reerguer-se e acertar de alguma forma para que lá na frente tudo se torne diferente do que é hoje e que possa ficar em paz diante de seus atos. O importante não é o que os outros acham e sim a confortável sintonia e aceitação dentro de si.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Lembra? há 6 horas

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 9


Principio há 6 horas

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 8


Viandar há 6 horas

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 7


Fluxo do tempo. há 6 horas

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 9


Sou há 6 horas

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 8


Ame...! há 6 horas

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 6