A tímida e gentil moça não achou seu lugar enquanto menina: nem lá, nem cá; nem branco, nem preto; pois jamais fora simples ou convencional. Demorou muitos anos para perceber o valor e a beleza de suas particularidades incomuns demais.

No entanto, finalmente encontrou-se feliz num caminho terceiro. Seus cabelos castanhos, de um tom natural que cheirava a casca de árvore com detalhes dourados, podiam ser tudo: só dependiam do tanto de luz — ou de escuridão. Eram ora a discrição elegante de cabelos escuros, ora o brilho charmoso de cabelos claros. Igualmente preciosos em sua cor terrena nativa.

Ela sorriu para si mesma.