a defesa do reino

04 de Julho de 2011 Pause Contos 1042

Num reino muito distante
havia um castelo muito
conhecido por toda a
região , era conhecido por
ter muros muito altos e
uma defesa impenetrável ,
ao contrario do seu
ataque que era fraco e
sem muitos guerreiros
habilidosos .
Era governado por um rei
muito simpático que se
preocupava com seus
súditos como com sigo
mesmo .
Ninguém no reio se
preocupava com o fato
dos soldados não terem
grande força ofensiva pois
não os importava , não
queriam atacar ninguém ,
só não queriam ser
atacados , coisa que
acontecia seguido pois
aquele era um reino muito
rico em terras e até em
ouro e diamantes em
algumas montanhas ,mas
graças a sua grande
muralha e a sua defesa
imbatível , nunca tinham
sido invadidos e depois de
um tempo o rei passou a
não mandar mais os
soldados de ataque para a
batalha já que a maioria
morria na tentativa de
impedir as tropas inimigas
de chegar até o muro do
reino.
O rei decretou que não
precisava de soldados
para atacar e passou a
treinar apenas
defensores .
Assim se fez o seu
reinado , até que
inevitavelmente o rei
morreu , e em seu lugar
assumiu seu único e
jovem filho , que não era
muito ligado as questões
do governo do reino mas
sim um aventureiro que
era contra a decisão do
pai de não ter soldados
para o confronto direto no
campo de batalha , e
também era muito
ambicioso e queria
expandir seu reino .
Em seu reinado passou a
treinar soldados para
invadir outros reinos , e
depois disso organizou
um ataque ao reino
vizinho que sempre
atacava seu reino . juntou
suas tropas e rumou para
o castelo do rei Flavio II ,
que não era um rei muito
atencioso para com seus
súditos e por esse motivo
seus soldados lutavam as
batalhas sem muita
vontade .
Chegando aos portões , o
jovem rei começou a
invasão do reino , ao
saber disso o rei Flavio II
não entendeu pois nunca
imaginará que o reino que
apenas se defendia
pudesse estar agora
atacando . Imediatamente
mandou suas tropas
defenderem o reino .
A batalha durou dias e
quando o jovem rei viu
que seu exercito estava
perdendo a batalha
decidiu bater em retirada .
De volta ao seu castelo viu
que havia perdido vários
guerreiros e que agora
estava vulnerável . Tentou
restabelecer suas forças
ofensivas , mas como
não eram muito
experientes e como
muitos haviam morrido
em batalha não
retornaram aos seus
postos . Vendo isso , o rei
Flavio II ordenou aos seus
soldados que
marchassem
imediatamente ao castelo
do jovem rei para
aproveitar o mal
momento que o reino
passava , assim talvez
teria chance de invadir o
castelo vizinho .
O jovem rei , vendo que
os inimigos se
aproximavam , ordenou
às pessoas que viviam na
cidade , que fossem para
os campos mais
afastados do palácio , para
que não sofressem com a
batalha, e organizou seus
poucos soldados para
batalha .
Um velho soldado que
fazia parte da antiga
defesa do castelo pediu ao
jovem rei que o ouvisse
por um instante e
lembrou que nas outras
vezes que foram atacados
sempre se saiam muito
bem por causa da grande
muralha e da forte defesa
do reino. O rei , que sabia
que dificilmente iria
conseguir deter as tropas
inimigas , pediu que o
velho soldado
comandasse as tropas
para se defenderem .
As tropas do rei Flavio II
também não estavam
com força total e ainda
tinha um boato de motim
contra o rei, que depois
que viu a oportunidade de
poder dominar o reino
que sempre sonhou, não
estava nem ai para seus
soldados que estavam
exaustos por causa da
batalha .
Depois que recomeçou a
batalha , a historia
mudou , os soldados do
jovem rei que agora se
defendiam, estavam
derrotando os soldados
do rei Flavio II, que
mesmo vendo seus
soldados morrendo não
desistia da tentativa de
dominar o reino .
Assim o jovem rei
ganhou a sua primeira
batalha graças a
experiência de um velho
soldado e o rei Flavio II
perdeu seu trono . Graças
a sua ambição o jovem
rei conquistou o castelo
vizinho mas também
graças a ela , perdeu
muitos soldados.
Depois disso passou a
cuidar mais da sua defesa
e não procurou mais
aumentar seu reino . E se
tornou um rei igual a seu
pai , sempre preocupado
com as pessoas de seu
reino, com o bem estar
de seus soldados e com a
defesa de seu castelo.


Leia também
Meu café há 2 horas

UM CAFÉ SEMPRE CAI BEM...ANTES DO ALMOÇO,DEPOIS DELE... TE FAÇO UM CA...
anjoeros Poesias 6


Ao pé do ouvido há 2 horas

Vem cá, menina... Deixa eu te falar, bem lá dentro do teu ouvido, tudo ...
anjoeros Poesias 8


Poesia viva há 2 horas

AMO VOCÊ,MINHA POESIA VIVA... TRAZES NO CORPO AS ESCRITAS DA VIDA OS MOM...
anjoeros Poesias 7


Só pra te aguardar... há 2 horas

QUISERA PODER LER TUA MENTE... SABER O QUE POSSO FAZER PARA TE SATISFAZER ...
anjoeros Poesias 6


A dor fazia lembrar. há 13 horas

Eu lhe atribui tudo de muito vil... No mais absoluto reflexo e pensar. P...
elisergio Sonetos 20


Meu sonho de mulher há 15 horas

Você é o meu sonho de mulher meu pensamento que se tornou realidade.. C...
anjoeros Poesias 10