Para consumo imediato

05 de Julho de 2011 Ariano Contos 995

Naquela roda de homens mundanos e ordinários, regados a cerveja e cachaça — e fumaças de vários tipos —, falava-se apenas de uma coisa: mulheres. Pobre do futebol. Ou pobres delas..?

Ali, a mulata era a bunda-mestra, o calor cheio de infinito desejo, a sensualidade, a devoradora de homens felizes que não quereriam mais nada depois dela; a oriental — um fetiche máximo — era a timidez mais feminina, a subserviência delicada que pode, com sorte, esconder uma fêmea singular; e a loira de olhos claros era um artigo de luxo, o troféu superior para exibir-se ao lado, para o mundo, com um silencioso: "viram? consegui!".

De acordo com aquela roda — e com outras —, estariam todas as mulheres devidamente simplificadas, pasteurizadas e objetificadas: prontas para o consumo imediato da humanidade.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
John Owen - Hebreus 1 – Versos 1 e 2 – P4 há menos de 1 hora

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 2


John Owen - Hebreus 1 – Versos 1 e 2 – P3 há menos de 1 hora

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 4


John Owen - Hebreus 1 – Versos 1 e 2 – P2 há menos de 1 hora

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 4


John Owen - Hebreus 1 – Versos 1 e 2 – P1 há menos de 1 hora

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 6


"Ontem a noite" há 13 horas

Ontem pela noite Sentei-me no sofa A saudade batia-me no rosto A solidã...
joaodasneves Pensamentos 17


Confessar e se Arrepender em vez de se Endurecer há 15 horas

Em face de termos tão grande sumo sacerdote à direita de Deus nas altur...
kuryos Artigos 17