A Loucura

11 de Maio de 2013 Alexandrino Contos 777

A noite é longa e os suspiros gritam na respiração sôfrega do hospedeiro. O branco é cinza à noite, e as sombras se perdem diluídas na escuridão. Vultos passam e morrem pelos cantos dos olhos, e não adianta virar e revirá-los, eles são mais rápido, e quando mais agitado estiver, mais vivas elas ficam, pois é do medo que elas se alimentam.

O mundo é uma pintura do que queremos ver, e tudo que foge da aquarela do mensurável e inteligível assusta e desperta nossos medos. A coluna gela, os passos uivam em desespero abaixo dos pés. São eles, as coisas mortas que vivem na cabeça dos que temem o mundo que não se pode tocar. A dúvida do que se perdeu na penumbra do pensamento sombrio, aquilo que se levanta quando tudo dorme.

Sombras dançam à meia luz, leem os pensamentos e se transfiguram nos medos mais sombrios. Aquilo que mais se teme toma corpo e movimento, habita os pensamentos assustados e faz a cabeça revirar, perder a linha do que é real e do que não é. Tudo parece o mesmo desespero, os vivos se arrastam no chão puxados por suas sombras, a parede que virou o chão.

A noite é longa no tempo dos loucos, e o noctâmbulo passeia na sua ironia do que está atrás do espelho. Somente algo pode libertá-lo, sim. Um espelho estilhaçado, um punho ensanguentado, o sangue morno pingando no chão e a dor que ainda existe. Enfim, aí está você, morte. Veio reclamar meu último lampejo de juízo, me arrastando para o sono eterno, e só à beira da morte pude sentir minha vida escoar, e sentir, que de fato, estava vivo e não sabia.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Pelo Espírito há 4 horas

Nada do que Jesus cita no Sermão do Monte nos capítulos 5 a 7 do evangelh...
kuryos Acrósticos 4


A Linha da Vida há 6 horas

O futuro é daqui a pouco, mas talvez não possamos vê-lo. A vida é com...
a_j_cardiais Poesias 27


Obedecendo o Vento há 20 horas

As folhas caem, e eu quero falar sobre isso, sem me preocupar com o feiti...
a_j_cardiais Poesias 38


"Verão na Europa" há 23 horas

Hoje começou o verão Mas todos os dias, são dias de verão O verão na...
joaodasneves Poesias 8


"Maria Emília" há 1 dia

Meu amor Antes de tu nasceres Raramente eu pensava em ti Iria com o pass...
joaodasneves Acrósticos 9


"Sou" há 1 dia

Sou o livro sem palavras Sou a historia por contar Sou o céu sem estre...
joaodasneves Acrósticos 10