Rachadura

03 de Setembro de 2013 RJ Mendes Contos 760

Dar valor pra?
Por quê?
Para a primeira oportunidade usar tudo contra você.
Por tudo entre as sobre linhas.
Ama você e depois fala que era uma mentira.
Faz uma historia, cai no sono e só era pior que a noite.
Sem reparações das primeiras palavras lançadas e quebradas.
Andar por linhas de trem e tudo parecerem uma viagem para fora.
Colocar tudo de bom para ser a melhor coisa que possa acontecer.
Mas mesmo com as estrelas, a escuridão está lá.
Mesmo com a sua cara bonita e sua voz
Eu vejo que não há mais surpresas e não adianta tentar reparar algo com desculpas depois da primeira rachadura feita no meio do céu.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
"Vi em ti" há menos de 1 hora

Em ti eu vi o sol, o mar senti o vento aprendi a viver, soltei o sentime...
joaodasneves Poesias 4


"Tenho" há 1 hora

Tenho amor para dar Paixão para receber Sei perdoar, mas não posso esq...
joaodasneves Poesias 4


"Queria ser o mar" há 1 hora

Queria tanto ser o mar Te abraçar com as minhas ondas Te desejar na arei...
joaodasneves Poesias 5


"Coração chora" há 5 horas

Ouço vento, as trovoadas estão-se a aproximar raios de sol a queimar a m...
joaodasneves Poesias 4


Dor e Reflexão há 1 dia

A dor que nos vem, e que achamos que é do nada, às vezes é do além. ...
a_j_cardiais Poesias 44


Crônica Sobre as Crônicas Que Pretendo Escrever há 1 dia

Esse título ficou “pomposo”, porque não encontrei meios de reduzi-lo....
a_j_cardiais Crônicas 53