Rachadura

03 de Setembro de 2013 RJ Mendes Contos 723

Dar valor pra?
Por quê?
Para a primeira oportunidade usar tudo contra você.
Por tudo entre as sobre linhas.
Ama você e depois fala que era uma mentira.
Faz uma historia, cai no sono e só era pior que a noite.
Sem reparações das primeiras palavras lançadas e quebradas.
Andar por linhas de trem e tudo parecerem uma viagem para fora.
Colocar tudo de bom para ser a melhor coisa que possa acontecer.
Mas mesmo com as estrelas, a escuridão está lá.
Mesmo com a sua cara bonita e sua voz
Eu vejo que não há mais surpresas e não adianta tentar reparar algo com desculpas depois da primeira rachadura feita no meio do céu.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
O CAMELO QUE DECLAMA NO ZOOLÓGICO DE RECIFE há 4 horas

O poeta quando escreve seu trabalho inspirado faz a narração dos fato...
carlosale Cordel 6


A madrugada… há 14 horas

A madrugada e eu temos um romance a longo prazo… Nos entendemos e nos cu...
anjoeros Poesias 14


Vou tatuar a tua boca... há 14 horas

Quero tatuar na tua boca Meu beijo mais safado, mas também apaixonado, ...
anjoeros Poesias 8


Quero te pegar para mim...Capítulo 3 há 14 horas

Capítulo 3: Eu te quero pra mim e não vou abrir mão... Toco a campain...
anjoeros Prosa Poética 9


Quero te pegar para mim...Capítulo 2 há 14 horas

Capítulo 2: A expectativa mata... Meio dia. Nossa, nem acreditei quando...
anjoeros Prosa Poética 7


Quero te pegar para mim...Capítulo 1 há 14 horas

Capítulo 1: Decisão tomada, arrependimentos posteriores... Mais uma no...
anjoeros Prosa Poética 10