Rachadura

03 de Setembro de 2013 RJ Mendes Contos 739

Dar valor pra?
Por quê?
Para a primeira oportunidade usar tudo contra você.
Por tudo entre as sobre linhas.
Ama você e depois fala que era uma mentira.
Faz uma historia, cai no sono e só era pior que a noite.
Sem reparações das primeiras palavras lançadas e quebradas.
Andar por linhas de trem e tudo parecerem uma viagem para fora.
Colocar tudo de bom para ser a melhor coisa que possa acontecer.
Mas mesmo com as estrelas, a escuridão está lá.
Mesmo com a sua cara bonita e sua voz
Eu vejo que não há mais surpresas e não adianta tentar reparar algo com desculpas depois da primeira rachadura feita no meio do céu.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Minha essência é a eternidade. há 4 horas

Manhã cinza dia tão estranho e ruim, Paira no ar uma sensação de fraca...
elisergio Sonetos 5


LAMPEJOS há 4 horas

LAMPEJOS Eu pouco a pouco volto à realidade. Ao acordar, lamento antes...
ricardoc Sonetos 5


Deixe Esse Amor Crescer há 20 horas

Deixe esse amor crescer... Ele está brotando em um coração árido. De...
a_j_cardiais Sonetos 36


Ás palavras não são mais meu legado. há 21 horas

Fiz-me silenciar por que te perdi! Tu me revogara a licença concedida, D...
elisergio Sonetos 7


Não há o que comemorar. há 21 horas

Não há de fato o que comemorar! A virgem do sertão não é independente...
elisergio Sonetos 6


A vida depois daqui! há 21 horas

Ver que a morte não é o fim, é o início! Disse-me com amor chamando de...
elisergio Sonetos 7