Peço que, por favor, me ajude.
Não sou mais eu.
Não sinto mais nada.
Nunca fui assim.
Ou eu fui e não via?
Por que isso agora?
Cansei de ser assim, por favor.
Cadê você? Falam tanto de você.
Falaram que você poderia me ajudar, já falei algumas vezes com você.
Mas cadê você? Só você pode me segurar agora.
Estou cinza, não quero perder mais ninguém, quero passar por tudo isso logo.
Não me sinto mais vivo, estou queimado por dentro, queria acordar logo.
Novo e prescindível.
Tire-me daqui.
É a redenção?
Por favor, me livre dessas correntes que me prendem que me afundam que me matarão.
Deixe-me voar, por favor.