De humor e sinceridade, digamos, ácidos, o rapaz finalmente avistou a garota — era o primeiro encontro do jovem casal. E também o último.

Ele apreciou em silêncio os caramelados olhos da moça — e todo o resto de suas delícias — e então perguntou-lhe, com um sorriso salgado: "É de comer?".

Ela azedou.