Era uma vez, uma linda menina chamada Chapeuzinho Vermelho estava brincando perto de sua casa, quando sua mãe lhe chamou e disse:
- Chapeuzinho, querida, venha até aqui!
- Pois não, mamãe? - respondeu-lhe a menina.
- Leve esta cesta cheia de doces para sua vovozinha. Ela está esperando sua visita. - pediu-lhe sua mãe.
- Claro, mamãe, irei agora mesmo!
Antes, porém, a mamãe lhe avisou:
- Mas muito cuidado, pois já está anoitecendo e o lobo mau passeia pelo bosque toda noite!
Responsável e confiante, ela replicou:
- Pode deixar, mamãe, ficarei bem segura!
A menina apanhou a cesta e adentrou a floresta, cantando:
- Pela estrada afora, eu vou bem sozinha, levar estes doces para a vovozinha!
De repente, entre as altas árvores e os pequenos arbustos, surgiu o lobo mau. Mas estava tão longe de Chapeuzinho que nem a viu, pois vinha de outra direção. Ia para a casa da vovó. A menina, em um impulso de coragem e sagacidade, tomou um atalho e chegou antes do lobo na choupana de sua vovozinha. Assim que a viu, a Chapeuzinho cumprimentou-a, disfarçou, sorriu e deu-lhe um presente:
- Olha que maravilha que eu lhe trouxe, vovó, um convite para o bingo na casa do Sr. Castor, a melhor opção da noite no bosque! Vai lá, vovozinha, divirta-se muito, e deixe que eu cuido da casa!
- Obrigado, netinha. Então já vou indo... Fica com Deus! - respondeu-lhe a velhinha.
Enquanto isso, a menina encheu uma panela de água e a ferveu na lareira. Quando, de repente, ouviu as batidas do lobo na porta, abriu-a devagarinho, pegou a panela e encharcou o invasor com a água fervente!
- Lobo mau, suma daqui! - gritou a garota.
O lobo mau deu um urro e saiu correndo em desespero!
Com o dever cumprido, Chapeuzinho trancou toda a casinha e foi embora, satisfeita. Quando chegou em sua casa, uma imagem que lembrara a intrigou: o lobo tinha uma rosa numa das mãos...
No outro dia, tudo ocorreu da mesma forma: mamãe chamou Chapeuzinho e ela foi levar a cesta de doces para a vovozinha. E por acaso, lá estava o lobo no mesmo lugar, indo para a casa da vovó.
- O que esse lobo quer com a minha vovozinha? Lobo teimoso, dessa vez o castigo será pior!!! - enfureceu-se ela.
A menina sacou o celular do bolso do vestido e convocou seu amigo Caçador. Rapidamente, lá estava ele, com sua poderosa espiguarda.
Mas o lobo foi incrivelmente mais rápido, e os dois puderam avistá-lo pela janela, dentro da casa da vovó!
Chapeuzinho e o Caçador correram para os fundos, e invadiram a choupana. Quando a dupla entrou, a menina, em fúria, tomou a arma de seu amigo, deu dois tiros para o alto e gritou:
- Solte minha vovó, seu lobo malvado!!!
Para sua surpresa, lá estava o lobo com a vovó em seus braços...
- Venha, minha netinha, dê um beijinho em seu vovô!!! - disse-lhe a vovozinha, serenamente.
Demonstrando grande afeto, a velhinha tascou um beijo no lobo, e uma poderosa magia invadiu o lugar...
Com o beijo da vovó, o lobo se transformou em um homem!!! E esse homem é o avô de Chapeuzinho!!! Há muito tempo, ele havia sido enfeitiçado pelas Fadas do Bosque, pois era o mais impiedoso madeireiro da região, que derrubava muitas árvores, deixando muitos animais sem casa!
– Olhe, minha querida, enfim o encanto foi quebrado!!! As Fadas perdoaram seu vovô!
E Chapeuzinho, de vermelha de raiva, ficou vermelha de vergonha, e caiu desmaiada!!!
É claro que, mais tarde, a menina de capuz vermelho se recuperou e, enfim, todos, exatamente todos, viveram felizes para sempre!


FIM