A folha e o vento...

25 de Outubro de 2013 Denis Ap. Valerio Contos 2951

Havia um casal de jovens apaixonados,



Prestes a terminar o relacionamento,



Mas temendo sofrer a desilusão do rompimento,



Procuraram falar com um velho ancião,



Ele os recebeu e sentado apoiou seu queixo em seu cajado,



E ouviu as reclamações e acusações dos dois,



Terminado a fala, ele se levantou, e seu próprio silêncio,



Os convidou a segui-lo, subiram por trilhos tortuosos,



E com pedras pontiagudas o jovem rapaz feriu a perna,



A jovem moça maternal, com um lenço em seu cabelo,



Estancou o sangramento, mas mesmo em silencio,



O jovem acenou para ela em agradecimento,



E continuaram a seguir o velho,



Já no alto a jovem moça cansada se desequilibrou,



E antes de atingir o solo, seu companheiro a aparou,



Ela tímida, com o olhar esquivo, e semblante rosado, sorriu,



Mas mesmo em silencio continuaram seu percurso,



Chegando ao topo, o ancião paciente esperou,



Eis que apareceu uma folha ao vento,



Brincando, voando, serena e veloz,



Bailando no palco do firmamento,



Eis que passaram por eles e sumiu no horizonte,



Então o velho quebrou o silencio,



Vocês viram a folha ao vento,



Eles responderam: sim sábio ancião,



Então ele continuou:



A folha sem o vento não voa,



 Cai ao solo, e
sozinha não se levanta,



O vento sem a folha não consegue expressar,



Toda sua beleza de movimentos no firmamento,



E juntas percorrem até sumir de vista no horizonte,



Sejam vocês dois como a folha e o vento,



Brinquem, cuidem-se, percorram caminhos juntos,



Encontrem um no outro, apoio e proteção,



E deixe todos verem, como é forte o amor e a união...

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Cultivando Observações - 1 há menos de 1 hora

Eu vivia arrastando silêncios, pelas plataformas da vida. Agora dispenso...
a_j_cardiais Poesias 16


"É tarde demais" há 3 horas

Não há mais tempo Não adianta agora chorar É tarde demais. É tarde ...
joaodasneves Poesias 8


"Amada Amante"... há 3 horas

A primavera chegou, sai como sempre o dia estava bonito, o sol brilha...
joaodasneves Prosa Poética 4


"Eu queria" há 3 horas

Eu queria tanto beijar a tua boca e abraçar-te intensamente. Eu queria t...
joaodasneves Pensamentos 3


"Sabor dos teus beijos" há 3 horas

Parece que foi ontem vi-te passar naquela estrada Cruzei contigo um simpl...
joaodasneves Poesias 5


A BRUXINHA SEM VASSOURA (cordel infantil) há 4 horas

Em história de faz de conta Nada mais nos desaponta Do que uma feia...
madalao Infantil 7