Só é preciso acreditar.

09 de Novembro de 2013 Elisergiopoeta Contos 691

Certa vez depois de conversar com Bela Flor, o jovem Hurick elucubrava sobre os momentos de razão que nela eram constantes, essa conduta fazia Hurick triste ficar, pois parecia negar o que sente e do seu coração duvidar. Logo, sabia Hurick que são normais às loucuras de que tem um coração que traz em si tanto sentimento e tanta paixão.

Bela Flor racionalizada acreditava que Hurick algumas vezes louco ficava, por isso tendia restitui-lhe a razão. Para Hurick o pra sempre nunca acabava e o amor era eterno por estar além da razão. O jovem dizia: - Ah Bela Flor amo-te tanto e isso me mantém, viver sem ti não consigo és tu a minha loucura, meu mais normal delírio, minha de vida, razão.

Mas, não acreditava Bela flor que alguém pudesse viver por outro, que fosse o amor eterno, infinito e louco e ainda mais que fosse amor um sentimento sem razão. Hurick sempre fora romântico, uns diziam que perdido no tempo, mas preferia ser um árcade a viver sem amor, sem sentimento. Às vezes Bela Flor lhe dizia: - vives Hurick, somente para ti! A vida é efêmera talvez nós não tenhamos tanto tempo assim.

Hurick perguntava como? Se antes de Bela Flor à vida era insignificante e por vezes parecia não existir, se a amava tanto que não conseguia viver tão somente por si. O seu amor por Bela Flor estava além da verdade, o que era fruto da sua sensibilidade, que o fazia sentir tudo e tão intensamente que às vezes era difícil controlar o que acontecia dentro de si.

Hurick sempre acreditou no amor, e se entristecia quando Bela Flor dizia-lhe para ser racional e que tudo sempre passava um dia que até era normal, esta contradição em relação à durabilidade do amor o fazia chorar, pois se perguntava como seria sua vida sem Bela Flor pra amar, sabia ele que sua vida se resumiria a nada e que mesmo apesar das tristes palavras, Bela Flor assim se comportava apenas por de Hurick o amor não poder mensurar.

E mesmo com todas as probabilidades de um amor acabar, Hurick se esforçava pra ter sua amada sempre perto, sabendo que tudo é possível, mesmo que só ele possa acreditar.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Amor de Primavera há menos de 1 hora

Morena, quando tu flores, o verbo em ti, primavera, seguirá o caminho do...
a_j_cardiais Poesias 31


CICATRIZES há 5 horas

CICATRIZES Não se vive essa vida impunemente... Todo mundo, mais dia m...
ricardoc Sonetos 4


" Amar é" há 16 horas

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 9


PAU DE FITAS há 20 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 8


Falta de Amor ao Próximo há 1 dia

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 45


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 1 dia

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 8