Nossas despedidas.

09 de Novembro de 2013 Elisergiopoeta Contos 806

O pensamento de Hurick sempre fora um pensamento futurista, às coisas para ele eram mais e além da vida, e o seu amor chegava a transcender. Pudera, Hurick era dotado de uma sensibilidade imensurável sentia tudo de forma inefável e seu único medo era que o chegassem a esquecer.

Mas, é inexplicável a vida dos que têm amor e um bom coração, pois quando amam é amor de mais e quando não amam nem um gesto ultrapassa a razão, disse Hurick a sua amada Bela flor, em uma conversa que já durava várias horas na qual ela insistia em dizer-lhe que as coisas tinham o seu tempo, que esperasse a hora.

Hurick se perguntava como? Se quando ele tinha uma pouco de paciência, está não existia! O tempo para quem espera é uma eternidade e para quem ama talvez a única saída, dizia Bela Flor rebatendo acusação de que seu tempo vislumbrava mais as linhas do seu interesse do que propriamente Hurick e seu amor.

Hurick era carente demais e sempre precisava de um pouco de atenção, queria Bela Flor do seu lado a todo instante e quando não tinha era clara e evidente a frustração, mas Bela Flor não podia os limites impostos a ela eram severos demais sendo raro poder passar com Hurick um completo dia.

As discursões entre Hurick e Bela flor acerca desse assunto eram longas às vezes cheias de magoas e chateações, porém, quando fortes carecia apenas de um singelo gesto para o jovem se acalmar, pois a meiguice de Bela Flor eliminava qualquer dissabor que uma desinteligência pudesse causar.

Depois da tempestade vem à calmaria, de uma tristeza à alegria e depois que Bela Flor ia embora à vontade de Hurick, de em mais um instante poder com ela estar. Havia sempre uma despedida na qual Hurick sempre dizia: - um dia nossas despedidas serão apenas antes de sonhar.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
CIDADE DOS PATOS (cordel infantil) há 1 dia

Vivia na bela cidade dos patos Um velho pato que contava fatos De uma fam...
madalao Infantil 5


"Feliz...dia...de...São João" ... há 1 dia

Quem dera ir mais além, cantar mais alto Sobre esse chão salgado onde na...
joaodasneves Poesias 7


No Vento da Literatura há 1 dia

Gosto da poesia quando chega de surpresa... Pode não ter beleza, mas q...
a_j_cardiais Poesias 38


Bendito Amor Eterno há 2 dias

Quando pensamos que Jesus disse que todo aquele que lhe foi dado pelo Pai, ...
kuryos Artigos 16


"Vendo" há 2 dias

Hoje vendo um corpo sem alma, e um extrovertido coração partido, uma ...
joaodasneves Acrósticos 10


"Te amo vinho tinto" há 2 dias

Tu meu querido vinho tinto, és e serás a minha inspiração, Ter o cop...
joaodasneves Poesias 11