Nós

10 de Dezembro de 2013 Bruna Gehring Contos 734

Vem e fica mais um pouco comigo. Tenho
me sentido tão sozinha e desejo muito teus abraços. Queria que ficasse deitado
comigo por uma hora, só me olhando, e que quando fosses embora dissesse que já
sentes saudade. Como gostava de quando nos deitávamos no chão acarpetado do meu
quarto e conversávamos por horas sobre os sonhos malucos que tivéramos na noite
passada. Adorava quando mexia em meu cabelo e dizia que era besteira minha
ficar reclamando do penteado. Tu eras tão especial para mim e agora que tu te
foste o que me restaram foram as lembranças, mas vou dizer-te, quão boas são
as lembranças, porque só elas te trazem para perto de mim.


Leia também
Amor de Primavera há 12 horas

Morena, quando tu flores, o verbo em ti, primavera, seguirá o caminho do...
a_j_cardiais Poesias 34


CICATRIZES há 17 horas

CICATRIZES Não se vive essa vida impunemente... Todo mundo, mais dia m...
ricardoc Sonetos 5


" Amar é" há 1 dia

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 11


PAU DE FITAS há 1 dia

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 8


Falta de Amor ao Próximo há 2 dias

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 56


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 2 dias

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 13