Odisseia

22 de Fevereiro de 2014 Bruna Gehring Contos 1179

Seus passos aos poucos eram apagados pela neve que caía. Não passava do meio dia, mas o sol agora parecia fugir daquele inferno gelado. O pequeno grupo de guerreiros andava há dias seguindo a trilha dos que há muito ameaçam o seu povo. Aqueles conhecidos como “Corrompidos” eram temidos por toda região. Ninguém jamais ousara brandir espadas contra tais seres. Mas cegado pelo desejo de vingança o homem não teme nem mesmo a maior das bestas. Determinados, caminhariam até o fim do mundo.
CONTINUA...


Leia também
A Linha da Vida há menos de 1 hora

O futuro é daqui a pouco, mas talvez não possamos vê-lo. A vida é com...
a_j_cardiais Poesias 23


Obedecendo o Vento há 14 horas

As folhas caem, e eu quero falar sobre isso, sem me preocupar com o feiti...
a_j_cardiais Poesias 36


"Verão na Europa" há 17 horas

Hoje começou o verão Mas todos os dias, são dias de verão O verão na...
joaodasneves Poesias 7


"Maria Emília" há 19 horas

Meu amor Antes de tu nasceres Raramente eu pensava em ti Iria com o pass...
joaodasneves Acrósticos 8


"Sou" há 19 horas

Sou o livro sem palavras Sou a historia por contar Sou o céu sem estre...
joaodasneves Acrósticos 8


"Livro sem letras" há 21 horas

Meus livros já estão sem letras Meu papel sem cor Com a caneta vazia Q...
joaodasneves Poesias 9