Obsessão (prt.6)

04 de Março de 2014 Bruna Gehring Contos 922

Havia um homem gordo parado sob a aba do telhado em frente ao
estabelecimento. Ele tinha os cabelos cortado na altura dos ombros e presos em
um rabo. Usava um colete de jeans azul claro e a camisa de uma banda que Kate
nunca ouvira falar.

- Anda logo! – Ele gritou de onde
estava.



Scott estacionou o carro. Os dois
desceram e foram na direção do homem.



- Ta atrasado! – Falo irritado.



- Desculpe, eu tava com visita. –
Scott apontou para Kate. – Kate esse é Joe. Joe essa é Kate.



- Oi! – Ela cumprimentou.



- E ai?! – Joe respondeu. – Cara, eu
tô com pressa da pra você olhar logo o carro? – Voltou a falar com Scott.



- Ta, eu vou abrir.



Joe correu desajeitado até o carro
que estava do outro lado da rua, em frente a um bar. Ligou o motor e dirigir
até a entrada oficina. Scott abrir a porta e ele entrou. Kate ficou parada ao
lado de Scott enquanto Joe desligava o carro.



- Lata velha! – Ele gritou saindo do
veículo.



- Não estaria nesse estado se você
cuidasse dele. – Scott zombou.



- Eu cuido dele. Se não cuidasse não
traria aqui. – Joe retrucou.



- Ei calma ai. Só estou dizendo que
devia andar com mais calma por ai. Esse carro é uma relíquia. – Scott remendou.



- Relíquia? É uma velharia. Se eu
tivesse dinheiro comprava outro.



- Se você trabalhasse teria
dinheiro. Inclusive, você ainda não pagou o conserto da semana passada.



- Hey, eu vou pagar, paciência cara.
Eu tô providenciando o dinheiro! – Joe acalmou-se.



- Foi o que você disse da ultima
vez.



Kate riu.



- Mas o que houve agora? – Scott
prosseguiu.



- Sei lá. O carro ta apagando
sozinho. – Informou.



- Esclarecedor cara! – Scott voltou
a zombar. – Certo, eu vou dar uma olhada!



Tirou a jaqueta e a regata. Kate não
pode deixar de olhar. Apanhou uma lanterna de uma mesa bagunçada e abriu o
capô. E começou a examinar.



- Acho que é a bomba de gasolina! –
Falou. – Espera... – Deu mais uma olhada. – É. É a bomba. Vou ter que trocar.



- E isso é caro?



- Não muito. De qualquer forma, eu
sei que você não tem dinheiro pra pagar. – Riu.



Joe ficou em silencio. Pareceu
concordar.



- Kate. Me passa aquela chave ali. –
Ele apontou para a mesa ao lado dela.



- Ta. – Ela pegou a chave e entregou
a ele.



- Então... Você é namorada dele? –
Joe perguntou para a garota.



- A-ah não. – Ela gaguejou.



- É o que então? – Continuou.



- Nada. – Scott respondeu.



- E o que ta fazendo na casa dele? –
Joe insistiu.



- Tava indo pra Chicago e a estrada
alagou. Precisava de um lugar pra ficar e o Scott ofereceu a casa dele. – Kate
explicou.



- Não perde tempo, em cara! – Ele
gracejou.



Scott não desviou os olhos do motor.



O silencio dominou. Nada mais foi
falado até que Scott terminasse.



- Pronto. Terminei!

- Ótimo! – Joe falou levantando da
cadeira onde havia sentado. – Tudo certo?



- Sim. Não vai dar mais problema. –
Scott afirmou limpando as mãos em uma flanela. – Você tem dinheiro pra pagar? –
Perguntou.



- Não. – Respondeu em voz baixa. –
Mas eu vou pagar. Juro!



- Ta, sei. Já são 170 dólares.



- Ok. 170. Eu vou pagar cara. Não se
preocupe! – Repetiu. – Mas, eu tenho que ir. Já demorei muito aqui.



- Tchau. – Disse apertando a mão de
Joe.



- Falou. – Apertou a mão do amigo. –
Falou! – Disse despedindo-se de Kate.



- Tchau! – Ela gritou enquanto ele
entrava no carro.



Assim que saiu Scott voltou a fechar
a porta. Lavou as mãos e voltou a limpa-las na flanela. Vestiu a regata e pegou
a jaqueta.



- Quer ir beber alguma coisa? –
Convidou-a. – Tem um bar aqui na frente.

- Quero sim!


Leia também
UM GATO NO ESPELHO há 5 horas

Um gato, parado diante do espelho do quarto de sua dona, discutia com...
madalao Infantil 10


Tudo junto e misturado há 12 horas

Tudo junto. Misturado. Animado. Apaixonado. Completamente dado e entreg...
anjoeros Poesias 14


Quando senti vontade de amar... há 12 horas

Prefiro ser acusado de amar demais do que ser reconhecido por ser aquele q...
anjoeros Poesias 9


Meu café há 1 dia

UM CAFÉ SEMPRE CAI BEM...ANTES DO ALMOÇO,DEPOIS DELE... TE FAÇO UM CA...
anjoeros Poesias 14


Ao pé do ouvido há 1 dia

Vem cá, menina... Deixa eu te falar, bem lá dentro do teu ouvido, tudo ...
anjoeros Poesias 15


Poesia viva há 1 dia

AMO VOCÊ,MINHA POESIA VIVA... TRAZES NO CORPO AS ESCRITAS DA VIDA OS MOM...
anjoeros Poesias 12