" E se... "

06 de Agosto de 2011 arline s. Contos 1034

Talvez ao olharem, não darão nada em comum entre eles. Além de ter pertencido a ela, de uma forma ou outra. Sabemos; Que ao um sair de sua vida, logo outro entrou. Foi rápido; ríspido. Nem deu tempo dela planejar um outro homem, outro amor, idealizar; não deu. E foi nessa confusão que o outro apareceu. Nessa ordem, um saí e outro entra. E o que ela iria fazer? Negar? Negar por que? Se ambos se acomodaram em sua vida de uma forma tão singela que nem dava pra negar. Negar como? Negar foi a ultima coisa que ela fez, embora tenha se arrependido logo em seguida. O que ela ainda não havia entendido era o motivo deles terem olhos tão diferentes e olhares tão iguais. Ela não imaginava motivos da existência do outro na vida dela, mas ela podia contar. Ela era a escritora, narradora, tradutora e atriz dessa história. Ambos aparentemente diferentes, altura diferente, sorrisos e estilos de vida diferentes. Era homem, com atitude de menino que não tinha aparentemente nada - em vista - em comum. Talvez teria sido ela a unica a perceber? De tanto notá-lo talvez tenha sido mesmo. Ele entrou na vida dela com um único intuito: Deixa-lá mais confusa do que ela já é. Conseguiu claro, aparentemente conseguiu quase tudo dela, menos ela de verdade. Por medo, falta de entrega dela, dele. Mas ele sumiu de sua vida assim; como quem deixa saudades. Como quem vai sem terminar o "tchau". Sem sentir falta ou fingir, como sempre. Um vai, outro volta, o outro volta quando o outro vai. Fazendo do coração dela uma constante confusão. Por que, por que? Será mesmo que eles não se conhecessem e não combinaram de deixá-la assim? Acompanhados desse "E se.." que ela carrega dentro dela toda vez que lembra desse mal resolvido que foi a existência dele na vida dela. Hoje ela não tem muito pra dizer sobre isso. Ela evita, ele é igual. E é aí que ele fica, nesse vai e vem na vida dela que já até acostumou com a ordem que entra - de novo - em sua vida. Mas é tão igual... que ela o evita! Porém, sente saudades, pois para o amor, ela só tem a eternidade.


Leia também
ACONTECIMENTOS há 6 horas

ACONTECIMENTOS Em face das recentes desventuras, Que tenho atravessado...
ricardoc Sonetos 9


Cultivando Observações 2 há 15 horas

Vivo colhendo frutos, que a sociedade não se importa. Minha vida é uma ...
a_j_cardiais Poesias 26


Conflito Interno há 15 horas

Está tudo aí para eu escolher sobre o que escrever... Existe um vazio d...
a_j_cardiais Acrósticos 24


Grito Escandaloso há 15 horas

Tirem o martelo do meu caminho... Meu juízo é perfeito apesar do defeit...
a_j_cardiais Acrósticos 27


Bom dia! há 16 horas

"Um bom dia ajuda a motivar a vida das pessoas e acima de tudo, um bom dia ...
anjoeros Artigos 8


Tudo o que agora me desfaz. há 18 horas

Cheio de um pleno vazio sobrenatural! Uma saudade não tida em outros carn...
elisergio Sonetos 11